Anterior

Batida entre Golf e ônibus deixa feridos na Avenida SB

10/10/2014

Anterior

Próxima

Comércio da região tem horário especial neste sábado

10/10/2014

Próxima
10/10/2014 - 13:47
Americanense conquista medalha inédita para o Brasil no Mundial de Ciclismo

O ciclista da Secretaria de Esportes de Americana/Égide Seguros/GM Reis, Estevam Mancini, colocou seu nome na história do esporte nacional, sendo o primeiro brasileiro a subir no pódio do Campeonato Mundial Master de Ciclismo de Pista. O americanense conquistou uma medalha de prata e uma de bronze na 20ª edição do maior evento esportivo da categoria, que se encerrará no sábado, 11/10, e está sendo realizado no Velódromo Indoor de Manchester, na Inglaterra.

 

As medalhas inéditas para o ciclismo americanense e brasileiro em um Campeonato Mundial - competição máxima da modalidade - vieram na categoria destinada para competidores entre 35 e 39 anos. O evento organizado pela União Ciclística Internacional (UCI) recebeu centenas de atletas representando países de todos os continentes.

 

Aos 38 anos, Estevam conquistou sua primeira medalha na prova Km x Cronômetro, terminando como vice-campeão mundial, deixando o ouro escapar por apenas cinco milésimos de segundo, fechando o tempo de 1min06seg893. O ouro ficou com o italiano Dario Zampieri. O pódio ficou completo com o bronze do atleta Bem Elliott, da Grã-Bretanha.

 

Pela segunda vez na pista, o americanense seguiu brilhando e conquistou a segunda medalha para o ciclismo brasileiro, terminando com o bronze na prova de Velocidade Individual, perdendo apenas a semifinal para o atual campeão mundial, Dario Zampieri, que já havia vencido a prova anterior e garantiu novamente a medalha de ouro. Adam Welch, da Grã-Bretanha, terminou com a medalha de prata.

 

Medalhista nos Campeonatos Paulista, Brasileiro e Sul-Americano, Mancini afirmou que essa é a principal conquista da sua carreira. “Foi o melhor resultado da minha carreira. Apesar de ser um Mundial Master, a competição conta com atletas que já conquistaram títulos europeus e mundiais na categoria elite, ou seja, além de muito fortes, eles são extremamente técnicos”, afirmou.

 

Para o americanense, o sistema de preparação e os treinamentos realizados nos últimos meses foram fundamentais para as conquistas. “O treinos que fiz na academia de musculação, trabalhando bastante a eficiência mecânica, força e potência, e os tiros com a marcha bem pesada no velódromo foram o diferencial, para que eu realizasse a prova de forma mais tranquila e bem taticamente”, ressaltou

 

Campeão por diversas vezes como carateca, o secretário de Esportes, Odair Dias, comemorou muito o feito inédito alcançado pelo ciclista. “Estou extremamente feliz e imagino como o Estevam deve estar se sentindo neste momento tão importante. Uma medalha em um Mundial é o ápice na carreira de qualquer atleta. Ele é mais do que merecedor, pois sempre foi um ciclista dedicado e focado nos treinamentos e competições”, destacou.

 

Atleta e treinador das equipes de ciclismo de pista da Secretaria de Esportes de Americana, Estevam Mancini conta com o apoio da Égide Seguros, GM Reis, Adcon, Dolan, Macias Têxtil, Stocovich e Forma Física



Veja mais fotos:




Link:





Deixe seu Comentário


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.