Anterior

Juca recebe ciclista Matheus Braz, campeão da prova contra o relógio

23/04/2015

Anterior

Próxima

Denis Andia, Sardelli e Alckmin assinam liberação de R$ 4 mi para Santa Bárbara

23/04/2015

Próxima
23/04/2015 - 17:43
Reajuste de 20,01% para assessores da Câmara de SB não deve prosperar

O projeto de lei proposto pela Mesa Diretora da Câmara de Santa Bárbara d'Oeste que concede reajuste de 20,01% no salário dos assessores parlamentares não deve prosperar. Segundo o projeto, assinado por 16 vereadores, os ganhos mensais passariam de R$ 2.982,86 para R$ 3.580. A alegação é que o Legislativo não tem recursos.
O projeto entrou na pauta da reunião de ontem em regime de urgência, mas não foi à votação por necessitar de um parecer da Controladoria da Casa sobre o impacto financeiro. O aumento, se concedido, representa R$ 50 mil a mais na folha de pagamento. 
"É uma reivindicação antiga dos assessores, desde que a Promotoria exigiu nível superior. É uma reivindicação antiga dos profissionais contra essa defasagem salarial", disse o presidente da Câmara, Edison Carlos Bortolucci, o Juca Bortolucci (PSDB). Atualmente, um servidor concursado da Câmara com nível superior ganha em torno de R$ 4,3 mil. 
Em função da queda de receitas, a Câmara já começa a pensar em cortes de despesas. Nos bastidores, inclusive, fala-se em reforma administrativa para adequar a receita à despesa. 





Link:





Deixe seu Comentário


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.