Anterior

Corinthians/Americana busca o tetra do Paulista de Basquete

23/10/2015

Anterior

Próxima

Santa Bárbara inicia Inspeção Veicular no CSU

23/10/2015

Próxima
23/10/2015 - 14:59
Empresário mandou matar prefeito de Elias Fausto, diz polícia

O empresário do setor de imobiliário Sérgio Vicente Picão, de 42 anos, foi o mandante do assassinato do prefeito de Elias Fausto (SP), Laércio Betarelli (PSDB), segundo divulgou a Polícia Civil na manha desta sexta-feira (23). O crime aconteceu no início deste mês. O suspeito está preso em Piracicaba (SP) preventivamente desde a noite de quinta-feira (22). Já o homem que atirou no político ainda não foi localizado.

Em 2013, o empresário denunciou a Prefeitura de Elias Fausto por suposto descarte irregular de lixo em uma área de Indaiatuba. Na ocasião, Picão e o prefeito tiveram um desentendimento. Também do meio político, o suspeito era ligado ao PTB, mesmo partido de Antonio de Campos Bicudo, vice de Betarelli e que assumiu a administração após o assassinato.

Motivação


O motivo do crime, de acordo com a Polícia Civil, foi econômico. Picão pretendia lançar loteamentos irregulares em Elias Fausto, mas os planos do empresário eram sempre frustrados por iniciativas do prefeito, de acordo com as investigações.

Devido às desavenças, Betarelli e o suspeito também chegaram a trocar ofensas em redes sociais. Foi descartada motivação política para o crime. À polícia, Picão negou participação no assassinato. A prisão preventiva dele tam prazo de 30 dias.

"Temos indícios e fortes provas da motivação, do planejamento e da execução do crime", afirmou o Secretário de Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes". De início, a motivação foi econômica, mas transbordou para o lado pessoal. "As dificuldades que o prefeito representava a instalação dos loteamentos clandestinos levaram a ofensas pessoais", relatou.

Defesa
O advogado de Sérgio Vicente Picão afirmou nesta sexta-feira (23) que o suspeito alega inocência. "Ele negou o autoria do crime e acredita que o verdadeiro mandante será encontrado em breve", disse Osvaldo Flausino Junior.

"Esse é um crime que me preocupa porque requer uma resposta rápida da polícia à sociedade. Nesse caso, temo que um inocente seja condenado", disse.

Evidência


Uma caminhonete Fiat Strada levou a investigação até o empresário. Picão comprou o veículo poucos dias antes do crime e tentou devolvê-lo depois após a morte do prefeito. O utilitário era usado para acompanhar a rotina de Betarelli, segundo a polícia, e foi visto no local do assassinato.

O veículo foi encontrado na manhã desta sexta-feira (23) no Distrito de Cardeal. O Secretário de Segurança Pública de São Paulo afirmou que o motorista da caminhonete seguiu o prefeito no dia do crime. "Temos fotos de radares que mostram o automóvel fazendo o mesmo caminho da vítima", ressaltou.

Questionado sobre as evidências mencionadas pela polícia e que teriam conduzido a investigação, o advogado de Picao afirmou que os fatos ainda estão nebulosos.

Atirador


Um jovem de 25 anos é o suspeito de ter disparado contra o prefeito de Elias Fausto, mas ele ainda não foi localizado. Um retrato falado do rapaz, feito a partir de relatos de testemunhas, foi divulgado pela Polícia Civil também nesta sexta.

O crime


Betarelli tinha 58 anos e foi morto com seis tiros no dia 2 de outubro, por volta das 9h, na Rua Amadeu Patelli, bairro Carimã. De acordo com informações da Guarda Municipal na ocasião, ele estava no local para visitar a obra de canalização de um córrego.

A corporação informou ainda que, no momento do crime, a maior parte do efetivo estava fora de Elias Fausto, em um curso na cidade de Capivari (SP).

Logo após a morte, a Secretaria de Segurança Pública do estado informou que o prefeito poderia ter sido vítima de uma emboscada, uma execução planejada por algum desafeto do prefeito. O titular da pasta, Alexandre Moraes, que havia se reunido com Betarelli um dia antes do homicídio, esteve na região para acompanhar o início das investigações.

 

Fonte: G1



Veja mais fotos:

  1. Retrato falado do suspeito de ter matado o prefeito

  2. Retrato falado do suspeito de ter matado o prefeito
  3. Empresário acusado de ser o mandante do crime

  4. Empresário acusado de ser o mandante do crime



Link:





Deixe seu Comentário


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.