Anterior

Estreias no cinema são destaques do feriado no Tivoli Shopping

20/04/2016

Anterior

Próxima

Judoca barbarense Diego Caixeta é convocado para a Seleção Brasileira

20/04/2016

Próxima
20/04/2016 - 15:40
Americana aperta o cerco para reduzir gastos da administração

 

O secretário de Fazenda, Valmir Frizzarin, reuniu-se nesta quarta-feira (20) com  o controle interno, secretários municipais, diretores de autarquias e  assessores administrativos, para orientações quanto aos procedimentos que deverão ser adotados para a redução de gastos da Administração Municipal. A iniciativa atende à necessidade de contingenciamento do orçamento municipal de 2016, em atendimento ao decreto  do prefeito Omar Najar, assinado no dia 15 último.

O decreto leva em consideração as projeções econômicas e financeiras que apontam para um cenário nacional restritivo, com ausência de crescimento, taxas de juros altas e inflação acima da meta projetada para o atual exercício. Outro ponto levantado refere-se à crise nacional que afeta a arrecadação do município, “caindo drasticamente as transferências de recursos federais e estaduais”.

Segundo o decreto, do total do orçamento para o exercício de 2016, de R$ 896, milhões, espera-se um corte de R$ 120 milhões. O corte atinge despesas com material de consumo, serviços de terceiros,  pessoa física e jurídica, obras e instalações, e pessoal. O corte de despesas envolve os órgãos da administração direta e indireta, ou seja, a Prefeitura, a Guarda Municipal (GAMA), a Fundação de Saúde de Americana (FUSAME) e o Departamento de Água e Esgoto (DAE).

“A população reconhece o esforço desta administração com o controle de gastos públicos. No entanto, a situação econômica e financeira atual, agravada com o quadro nacional, exige mais rigor com as despesas. Todos na administração devem ajudar no controle do gasto geral, como consumo de água, energia, telefone e combustíveis, entre outros ítens. Todos devem melhorar a fiscalização nas compras, inclusive nas receitas  e regularização de espaços públicos”, orientou o secretário.

Valmir informou que o controle interno já visitou todas as unidades administrativas traçando as orientações para o contingenciamento. “Além disso, nossa intenção é dar continuidade periódica  aos setores envolvidos, atualizando as orientações”, disse Frizzarin. Ele também informou que cada secretaria terá um multiplicador das ações internas. E apela, inclusive, à colaboração da população: “Todos podem colaborar, comunicando-nos eventuais desperdícios, para que possamos tomar as providências necessárias”, afirmou.

 






Link:





Deixe seu Comentário


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.