Anterior

Tivoli Shopping lança campanha #filhoscoruja em homenagem ao Dia das Mães

25/04/2016

Anterior

Próxima

Osasco e Vila Belmiro sediam finais do Paulistão

25/04/2016

Próxima
25/04/2016 - 16:40
Alunos da Etec de NO implantam projeto de coleta de materiais na cidade



Além de contribuir com limpeza da cidade, iniciativa também beneficiará entidades da cidade


Alunos do curso de Logística da Etec (Escola Técnica) de Nova Odessa estão desenvolvendo um projeto pioneiro com o objetivo de contribuir com a limpeza da cidade e também oferecer apoio assistencial. Batizado de “Projeto 5S Social – Impactando Vidas”, a iniciativa, que tem apoio da Prefeitura através da Secretaria de Meio Ambiente, pretende coletar materiais de construção que já não são mais usados pelos moradores e destiná-los a entidades do Município.


Na semana passada, o secretário de Governo Wagner Morais recebeu representantes da Etec – entre eles o coordenador da escola, João Francisco Favoreto e o coordenador do curso de Logística, Aparecido Cruz, para conhecer o projeto. Os diretores de Licenciamento e Fiscalização Ambiental, Rodrigo Cornachini, e de Convênios, Joacir Florêncio, além do vereador Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho do Klavin, da suplente de vereadora Lucilene Della Ponta Araújo, e do presidente da Apadano (Associação dos Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Nova Odessa), Daniel Carlos Tavares, participaram da reunião.


“É um projeto inovador que, além de auxiliar as entidades do município, também incentiva o descarte correto”, explicou Favoreto. A iniciativa, que está em fase de implantação, consiste na criação de um banco de dados com informações de locais onde existam sobras de materiais de construção e outros produtos.


Com base nestas informações, os alunos farão contato com entidades da cidade para a destinação destes materiais. “Os estudantes serão responsáveis por toda logística deste projeto, organizando e programando as solicitações, monitorando as retiradas e dando a destinação final correta”, disse o coordenador.


Ele destacou que inicialmente o “Projeto 5S Social – Impactando Vidas” será implantado em um bairro da cidade, que ainda está sendo definido. “Faremos um projeto experimental para ver os primeiros resultados, as reais necessidades e os ajustes necessários. Depois, vamos ampliar a iniciativa”, explicou.


Além dos alunos do curso de Logística, o projeto terá apoio também dos estudantes dos cursos de Transações Imobiliárias e de Segurança do Trabalho, que oferecerão apoio em suas áreas específicas.


A Prefeitura apoiará a iniciativa auxiliando na retirada dos materiais nas casas e na destinação às entidades. “Estamos verificando nosso cronograma de atividades para que possamos inserir as coletas”, explicou o diretor de Licenciamento e Fiscalização Ambiental. Ele ressaltou que o projeto está em fase de implantação e que novas reuniões ocorrerão. “Estamos ajustando todos os detalhes.”


“Este é um projeto bastante interessante, que propõe um serviço inovador. Estamos acompanhando este processo de implantação, nossas equipes estão se reunindo com os responsáveis para que esta iniciativa possa ser implantada”, disse Wagner Morais.


O coordenador da Etec ressaltou que a iniciativa também dará importante contribuição para o combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus – e outros insetos. “Os materiais de construção servem, muitas vezes, para abrigo de vários tipos de insetos, então a iniciativa dará também grande contribuição para manutenção da saúde pública”, disse.


ENTIDADES - Uma das entidades já confirmadas no projeto é a Apadano (Associação dos Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos de Nova Odessa) que está tendo a sede reformada. “Vamos buscar outras entidades também para que recebam estes materiais. O que não tem uso para uma pessoa, pode muito bem ser aproveitado por outra”, disse Favoreto.






Link:





Deixe seu Comentário


Newsletter
Cadastre seu email e receba nossos informativos e promoções de nossos parceiros.