Marcelo Seghese lança My History seu primeiro disco

Por Roberto 31/05/2017 - 16:08 hs

Marcelo Seghese lança My History seu primeiro disco
Seghese lança CD My History

 

 

Ensaios, estudos, aulas, shows, estúdios e toda a dedicação de Marcelo Seghese pela bateria, teve sua recompensa coroada com o lançamento do CD “My History”.


 
Após 20 anos de carreira, Seghese disponibiliza seu primeiro disco, com dez faixas de música instrumental e participação de cerca de 40 músicos, entre eles, Paulinho Fonseca, baterista do Jota Quest. “Quis fazer esse disco com calma, cuidado, principalmente porque tiveram muitas participações de músicos que tocam vários instrumentos e, dependia do tempo e da disponibilidade de cada um, o que resultou num trabalho super caprichado”, explica.


 
Com ritmos para todos os gostos, Marcelo acredita que este é um diferencial importante do disco, onde as músicas transitam pelo jazz, pop, rock e também em ritmos brasileiros como maracatu, samba e baião. “Classifico o disco como eclético. Por ser baterista, sempre pesquisei e gostei de tocar todos os estilos”, afirma.
 

Autoral, o disco tem quatro composições de Marcelo: Jazz 34, Fonk´s Groove, Majarete e My History, que dá nome ao CD. O instrumentista conta que o disco começou a ser gravado em 2015 e será lançado no próximo dia 5 de junho, em todas as plataformas streaming para download de músicas. Entre as mais usuais, estão Spotify, iTunes, Amazon, SoundCloud e mais de 60 plataformas. 
 
Músicas para ouvir no fone, no carro e treinar bateria


 
Para ouvir em qualquer situação e ambiente, o “My History” chega ao público para desmistificar e democratizar a música instrumental.


 
Seghese adianta que a partir do lançamento, através do site www.marceloseghese.com, é possível fazer download do disco que chega com a opção play along de bateria. “No mercado da música instrumental, os play alongs são muito bem vistos. Usamos como se fosse um karaokê da bateria, onde o estudante do instrumento possa estudar, treinar e fazer parte de cada faixa”, explica o músico.  Essa prática é usual no meio musical e vários vídeos já viralizaram na internet com anônimos tocando instrumentos em faixas de músicos e bandas de famosas.
 
Participações especiais e gravação em Piracicaba


 
Além de Paulinho Fonseca, baterista do Jota Quest, Seghese destaca a parceria do multi-instrumentista Sandro Haick; do percussionista, Marcus Cesar; do guitarrista especialista em música instrumental, Mello Jr; do baixista, Luizinho Souza e, dos músicos e professores no Instituto Formar, Evandro Silva, no saxofone e, Eloy Porto Neto, no trombone.
 

O disco é independente e foi gravado no Estúdio Soul Mix em Piracicaba.