Americana lança projeto ambiental O Amigo do Lixildo vem aí

Americana lança projeto ambiental O Amigo do Lixildo vem aí

Atividades com alunos

Por Roberto 18/05/2016 - 09:36 hs

Americana lança projeto ambiental O Amigo do Lixildo vem aí
Lançamento de projeto ambiental em Americana

 

A prefeitura de Americana, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e em parceria com as Secretarias de Obras e Serviços Urbanos e de Educação, lançou na manhã desta terça-feira (17/5), no auditório Villa Americana, no Paço Municipal, o projeto ambiental “O amigo do Lixildo vem aí!”. O objetivo é despertar a consciência ambiental, promovendo atividades interativas junto aos alunos da rede de ensino fundamental.

 

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Eraldo Camargo, o projeto pretende ampliar a participação da população no programa de coleta seletiva municipal, diminuindo os descartes irregulares de materiais no meio ambiente e as queimadas. “A ideia é formar uma consciência crítica, incentivando uma participação mais assídua da população nas questões ambientais”.

 

A gestão dos resíduos sólidos será abordada no projeto. A destinação adequada do óleo de cozinha será tema de concurso para escolha do mascote da reciclagem do óleo, o “amigo do Lixildo”, personagem da coleta seletiva.

 

Os alunos vão eleger o nome do “amigo do Lixildo” e a “arte” que representa o boneco. A dinâmica aplicada nas escolas tem a finalidade de introduzir a cultura da destinação adequada e reciclagem do óleo usado nos participantes do projeto, evitando o descarte na rede de esgoto.

 

“O projeto é importante para efetivar as ações, a gestão de resíduos, priorizando projetos de reciclagem e preservação do meio ambiente. Hoje, comemorando o Dia da Reciclagem, reforçamos o compromisso do prefeito Omar Najar com a limpeza da cidade, a preservação do meio ambiente e qualidade de vida da população. A geração, coleta, processamento e armazenamento do lixo resultam em problemas sociais, ambientais e econômicos, por isso, contamos com o apoio da população neste trabalho”, disse o secretário de Obras e Serviços Urbanos (SOSU), Adriano Camargo Neves.

 

O óleo de cozinha utilizado para fins domésticos, quando descartado de maneira incorreta na rede de esgoto, gera dificuldades no posterior tratamento do efluente, bem como degradação de corpos hídricos e da vida aquática. Com a realização do projeto, a prefeitura pretende despertar a consciência ambiental promovendo a mudança no comportamento das pessoas e a evolução do cenário municipal com vistas à diminuição de descartes irregulares de resíduos de óleo usado.

 

O projeto deverá atingir quatro mil participantes, no período de junho a setembro, ampliando o número de agentes multiplicadores das informações sobre o tema, assim como o comprometimento das pessoas com o respeito ao meio ambiente.

 

De acordo com o projeto, após a sensibilização quanto aos danos causados pelo descarte irregular de óleo usado, os alunos e as escolas serão convidados a participar do projeto “O amigo do Lixildo vem aí!”, que consiste na elaboração de desenho e criação de um nome para o personagem “amigo do Lixildo”, um super-herói que incentiva o descarte correto do resíduo de óleo usado, com a participação de alunos do 1º ao 5º ano.

 

A secretária de Educação, Juçara Novelli, ressaltou a importância da abordagem do tema em sala de aula. “A Educação é muito importante neste processo e o município já vem desenvolvendo ações efetivas para a coleta e destinação adequada dos resíduos. Estamos intensificando as ações ambientais e, na Semana da Educação, abordamos a questão da Sustentabilidade. Precisamos provocar esta reflexão de qual o papel de cada um na preservação do meio ambiente”.

 

Para a escola que aderir ao projeto, haverá recolha de óleo usado que será destinado para a coleta seletiva. Será contabilizada a quantidade de óleo recolhido e a escola vencedora será premiada ao final do projeto.

 

A escolha do “amigo do Lixildo” está prevista para o mês de novembro e será realizada através de júri composto por representantes das Secretarias de Meio Ambiente, de Obras e Serviços Urbanos, de Educação, empresas parcerias, ONGs, Conselhos de Meio Ambiente e de Educação, Associação Comercial e Industrial de Americana (ACIA), Sincomercio, entre outros.