SEAAC de Americana fica em 3º lugar no Estadual de Futsal

Por Roberto 23/10/2017 - 10:50 hs

SEAAC de Americana fica em 3º lugar no Estadual de Futsal
Logística HAB representou a região no torneio

 

O SEAAC de Americana e Região ficou em 3º lugar no 8º Torneio Estadual de Futsal da FEAAC (Federação dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio do Estado de São Paulo), realizado em Araraquara neste final de semana. Além do 3º lugar, Americana teve o artilheiro do torneio, Yago Damasceno, com 11 gols. A fase classificatória foi realizada em setembro, com 9 equipes, campeãs dos torneios regionais, promovidos pelos SEAACs. A Logística HAB, de Sumaré, representou o SEAAC de Americana e Região.


Dos nove participantes iniciais, quatro passaram à semifinal da competição que aconteceu no sábado (dia 21). No domingo (dia 22) ocorreu a disputa pelo 3º lugar e a final.


Na semifinal, Americana enfrentou Sorocaba e acabou perdendo por 4 a 3, no jogo mais eletrizante do torneio.  Na disputa pelo terceiro lugar, o adversário foi Campinas.  No tempo normal 3 a 3. Na prorrogação, Americana levou a melhor e acabou vencendo por 2 a 1. A final do Torneio foi entre Araçatuba e Sorocaba, com a equipe sorocabana ficando com o título de campeã do Torneio.


Além dos atletas e familiares, a delegação de Americana teve a presença da diretoria do SEAAC, empregados e da presidente Helena Ribeiro da Silva. “Nossa equipe foi guerreira. Fez um grande jogo contra Sorocaba e acabou perdendo por detalhe. Na disputa pelo terceiro lugar voltou a ser um time vibrante. Estão de parabéns os nossos atletas, as demais equipes participantes e a FEAAC, que organiza este evento com muito carinho. Apesar da disputa esportiva acirrada, houve respeito entre atletas e comissões técnicas e interação social, que é o objetivo principal”, comentou Helena.


O presidente da FEAAC, Lourival Figueiredo Melo, também destacou o respeito entre as equipes participantes. “Promovemos o torneio estadual buscando oferecer oportunidade de lazer e socialização entre os trabalhadores. Este objetivo foi plenamente alcançado. Tivemos bom nível técnico, lealdade entre os atletas, boa arbitragem e a presença das famílias”, concluiu.