Dr. José questiona Prefeitura sobre programa Disque Árvore

Dr. José questiona Prefeitura sobre programa Disque Árvore

Por Roberto 13/06/2016 - 16:39 hs

Dr. José questiona Prefeitura sobre programa Disque Árvore
Programa Disque Árvore pode ter sido desativado

O vereador José Antonio Ferreira, o Dr. José (PSDB), por meio de requerimento protocolado na semana passada, pede informações à Administração Municipal sobre a execução do Programa Disque Árvore, para plantio de árvores nas vias públicas no Município de Santa Bárbara d’Oeste. “Há mais de um ano e meio, a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste lançou o Disque Árvore, canal de comunicação entre o cidadão e a Administração para o plantio gratuito de árvores nas vias públicas da cidade. Para ser beneficiado, o cidadão deveria entrar em contato com o telefone 3464-9010 e agendar o serviço”, disse, ressaltando que esse benefício é de suma importância para a arborização urbana do Município, com o plantio de espécies adequadas disponibilizadas à população barbarense.

No requerimento, ele pergunta o número de interessados cadastrados desde que o Disque Árvore foi lançado no Município e, desse total, quantos pedidos foram atendidos pela Prefeitura. Dr. José pede, ainda, a listagem dos atendimentos por bairros/regiões e questiona se, atualmente, existe alguma demanda reprimida desse programa de arborização urbana. O vereador também indaga o número de plantios realizados mensalmente pela Prefeitura e se foi feita licitação para contratação de empresa para operar o programa. Em caso de resposta for positiva, ele pergunta qual é a empresa contratada e qual o valor investido mensalmente para a realização dos serviços.

O parlamentar pergunta, ainda, quantas espécies de árvores são disponibilizadas atualmente aos munícipes interessados nos plantios e qual é a espécie mais solicitada pela população. O parlamentar questiona, ainda, se a empresa contratada realiza apenas o plantio de árvores do Disque Árvore e, em caso de resposta negativa, quais os outros serviços desempenhados pela terceirizada no município. Por fim, ele pede informações se o Programa Disque Árvore permanece em funcionamento na cidade e, se a resposta for negativa, qual o motivo da paralisação.