União Barbarense vacila em casa e perde para o Monte Azul por 3 a 0

Por Roberto 27/01/2018 - 19:25 hs

União Barbarense vacila em casa e perde para o Monte Azul por 3 a 0
"Time está regredindo", diz técnico Claudemir Peixoto, após derrota em casa

O União Barbarense recebeu nesta tarde de sábado, 27, às 17 horas, no estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, a Toca do Leão, em Santa Bárbara d’Oeste, a equipe do Monte Azul e foi pego de surpresa em seus domínios. O time visitante venceu por 3 a 0 com gols marcados por Juca no final do primeiro tempo e por Gustavo Henrique e Jonathan na segunda etapa. O resultado deixou o Leão com os mesmos 3 pontos, caindo para a 14ª posição. O Monte Azul chegou a sua segunda vitória e foi a 7 pontos subindo para segunda colocação, pelo saldo de gols, entrando na zona de classificação para a próxima fase.


A partida teve a transmissão da Rádio Brasil AM com narração de Ricardo Miamoto, comentário de Fofão e reportagens de Jota Alves Vladimir Catarino. A Rádio Luzes da Ribalta, de José Flávio Scavassa, também levou a emoção da partida para a cidade de Santa Bárbara d’Oeste.


 

O jogo


As equipes começaram a partida com o freio puxado e pouco fizeram nos primeiros 10 minutos. O Monte Azul parecia melhor distribuído em campo e aos 15 ameaçou o goleiro Alan Tobias. Álvaro cruzou da direita e Conrado bateu à esquerda assustando o goleiro. Aos 17 e 18 minutos o AMA voltou a assustar em jogadas de Pedrinho, mas que terminaram em chutes para fora.


O jogo seguiu morno e só pegou fogo nos últimos dez minutos. O União fez uma blitz em cima do AMA e aos 37 minutos Gustavo Henrique bateu falta obrigando Caio fazer grande defesa. Aos 43 foi a vez do AMA surpreender e em dois lances seguidos, o goleiro Alan Tobias fez dois milagres. Aos 46 não deu para o goleiro e o AMA abriu o marcador. Em lance polêmico, a zaga ficou reclamando de um impedimento não marcado de Juca, Claudinei aproveitou o lance para bater forte e ver a bola desviar em Juca para fazer 1 a 0 Monte Azul. Depois disso só reclamação e final de primeira etapa.


Segundo tempo


Apesar de voltar modificado, Souza ficou no vestiário e Higor veio para o jogo, o Barbarense continuou sendo dominado. Aos 3 minutos Gustavo Henrique mandou uma bomba na cobrança de falta e Alan Tobias falhou. A bola explodiu na trave e Magno colocou para escanteio.


Os treinadores foram mexendo em suas equipes com o passar do tempo e a partida melhorou. O União passou a chegar mais, mas passou a dar espaços para o contra ataque. O zagueiro Edson Rocha, do União, quase marcou contra aos 18 minutos. Aos 32 minutos os jogadores do União ficaram reclamando de uma penalidade do goleiro Caio, do Monte Azul, não marcada pela arbitragem. Três minutos depois Higor tentou fazer por cobertura e quase fez um golaço.


Aos 38 minutos o Monte Azul definiu o marcador e jogou um balde de água fria na torcida do Leão. Gustavo Henrique pegou a bola na intermediaria e saiu driblando toda a defesa do União, inclusive o goleiro Alan Tobias e só não entrou com bola e tudo porque não quis. Aos 44 o time visitante marcou mais um. Jonathan também saiu driblando e com facilidade fez 3 a 0 colocando números finais no marcador.


Ônibus


Após a partida, torcedor atirou uma pedra no parábrisa do ônibus da delegação do Monte Azul, trincando o vidro. Fiscal da FPF foi chamado e relatou o ocorrido.

 

Próximos jogos


O União volta a campo no próximo dia 31, quarta-feira, às 20 horas, no estádio Dr. Alfredo de Castilho, em Bauru, para enfrentar o Noroeste pela quinta rodada da Série A3. O Monte Azul joga no mesmo dia, mas às 16 horas, no estádio do AMA, em Monte Azul Paulista, contra a Matonense.


Ficha Técnica

União Barbarense:

Alan Tobias; Sávio, Edson Rocha, Magno e Souza (Igor), Thiago Batista, Abuda, Claudinei e Jean Natal; Rafael Magalhães (Giva) e Wilker (Ricardo Branco). Técnico: Claudemir Peixoto

Monte Azul:

Caio; Gustavo Henrique, Cazu, Lucas Cezane e Ian; Cristiano, Pedrinho, Diego (Wesley) e Juca; Conrado (Brener) e Álvaro (Jonathan). Técnico: José Francisco de Oliveira

Árbitro: Daniel Bernardes Serrano

Público pagante: 421

Renda: R$ 6.640

 

Com AFI