Polícia prende dupla acusada de roubos em Campinas

Polícia prende dupla acusada de roubos em Campinas

Por Roberto 16/05/2018 - 18:26 hs

Polícia prende dupla acusada de roubos em Campinas
Armas utilizadas pelos criminosos (Imagens PM)

A Polícia Militar de Campinas prendeu, na noite desta terça-feira, dois indivíduos acusados de roubo de veículos. Everton Aparecido Oliveira estava de saída temporária do Dia das Mães e cumpre pena por tráfico de drogas. Já Leonardo Willian Aguiar tem antecedentes criminais por roubo e homicídio.


Por volta de 20h40, policiais militares durante patrulhamento pelo Parque Oziel, com vistas a localizar o veículo Fox, placas FJE 4072, que havia sido roubado pela área da 1ª Cia do 35º BPMI, ouviram a informação transmitida pelo Copom que próximo dali, pelo Complexo Residencial Swiss Park, havia ocorrido uma tentativa de roubo em uma academia e que os criminosos fugiram a pé. Com isso, a equipe deslocou-se ao local citado e visualizou um dos indivíduos em fuga pela via, o qual foi contido de imediato. Logo após, próximo do local da detenção do primeiro indivíduo, os PMs visualizaram uma aglomeração de populares tentando linchar um segundo indivíduo. Com a chegada da viatura, se dispersaranm imediatamente.


Após a detenção do segundo indivíduo, ambos foram revistados e no bolso da blusa de um deles foram localizados um relógio de pulso e a chave de um veículo Fox, o qual foi encontrado estacionado nas proximidades e constatado tratar-se de produto de roubo momentos antes. O indivíduo lesionado foi socorrido ao PS São José onde recebeu cuidados médicos e após liberação, eles foram conduzidos até a 2ª Seccional.


Logo após chegar no DP, o Copom irradiou a tentativa de roubo em uma residência no Jardim das Oliveiras e que os marginais haviam se evadido do local deixando um revólver calibre 38, uma réplica de fuzil e defronte à residência, um veículo Honda Fit, placas ETD 0488, produto de roubo no dia anterior.


Devido as coincidências de características dos autores e proximidade dos fatos, a equipe presumiu serem os mesmos marginais que efetuaram os delitos e após nova indagação com os indiciados, eles acabaram confessando que também estavam envolvidos no roubo a residência e ainda informaram, com detalhes, os motivos pelos quais opetaram em fugir da casa e deixar as armas.


As vítimas foram convocadas a comparecer na 2ª Seccional, onde reconheceram os indiciados como os autores dos crimes, as armas utilizadas no roubo à residência e o relógio subtraído. Eles permaneceram presos à disposição da Justiça.