Sumaré realiza Festa da Candelária entre 5 e 7 de agosto

Por Roberto 29/07/2016 - 13:20 hs

Sumaré realiza Festa da Candelária entre 5 e 7 de agosto
Cartaz da Festa da Candelária de Sumaré

A mais tradicional festa popular de Sumaré/SP chega neste ano a sua 72ª edição. Realizada pela Comunidade Nossa Senhora da Candelária, a Festa da Candelária de 2016, que faz parte do Calendário Oficial de Eventos e “fecha” anualmente a programação de aniversário da cidade, acontece nos dias 5, 6 e 7 de agosto, de sexta a domingo, no recinto especialmente preparado na Rua Vegas, nº 2, no Bairro do Cruzeiro, Região Rural da cidade (que faz parte da Paróquia de Sant’Ana). Nas últimas edições, até 12 mil pessoas passaram pelo recinto a cada ano.

Na sexta e no sábado, o recinto será aberto ao público às 19h. No domingo, dia 10, a programação começa cedo e inclui a Missa Campal Sertaneja às 10h no recinto da festa, com os Violeiros de Santana, seguida pelo Desfile dos Cavaleiros, com saída do Clube Paraíso das Águas em direção à Área Rural e à Igreja de Nossa Senhora da Candelária, além do “almoço caipira com moda de viola” no recinto da festa, no Cruzeiro.

No domingo, antes do leilão beneficente que fecha a programação, haverá ainda o lançamento, pela Associação Pró-Memória de Sumaré, do livro “Bairro do Cruzeiro de Sumaré”, que conta a história das famílias imigrantes que fundaram o bairro rural. O livro é de autoria de Alaerte Menuzzo, Edgar Minarello, Flavio Biondo e Francisco Antonio de Toledo.

 

 

 

PROGRAMAÇÃO

Além das comidas e bebidas típicas da cultura rural e do tradicional bingo beneficente (em prol da Comunidade e também da Associação de Pais e Mestres da Escola Municipal “Dona Augusta Ravagnani Basso”), a festa conta na sua programação com grandes shows nas três noites do evento. Na sexta-feira, dia 5, as atrações incluem as duplas Cachoeiro e Crael, às 19h, e Rodrigo Motta & Juliano, às 21h. No sábado, dia 6, sobem ao palco os Violeiros de Santana, às 19h, e Marcio & Douglas, a partir das 21h. E no domingo, dia 7 de agosto, além da apresentação dos Violeiros de Santana, o grande show do último dia da festa é com Craveiro e Cravinho, às 12h.

Segundo Valdir Belintani, um dos membros voluntários da comissão organizadora do evento, a 72ª Festa da Candelária vai contar com uma nova infraestrutura e uma praça de alimentação maior, preparada especialmente para acomodar um público superior aos anos anteriores.

Também haverá estacionamento com segurança e diversas atrações para crianças e adultos. A “quermesse” contará com barracas de comidas típicas caipiras, incluindo opções tradicionais como costela assada, frango atropelado, cuscuz, curau, sagu, canjica, caldos, doces caipiras, quentão e vinho quente, além de pastéis, pizzas, cachorro quente, refrigerante e cerveja.

O evento conta com apoio máster de AVM Imóveis, Unimed Campinas, GoodBom Supermercados, Granja Satoshi, Freski Massas e Carnes América.

 

 

 

TRADIÇÃO

“Desde 2013, quando retomamos esta tradição, o objetivo dos voluntários e das famílias daqui é resgatar as tradições dos nossos antepassados imigrantes, valorizar nossa cultura e melhorar nosso evento a cada ano, promovendo os valores da Comunidade de Nossa Senhora da Candelária. Esta igreja foi fundada juntamente com o Município de Sumaré por famílias italianas, em 1943, com a ajuda das famílias Andrade, Belintani, Breda, Basso, Bazan, Ravagnani, Biondo, Gagliera, Noveletto, Marson, Mengue, Minarello, Manangoni, Moranza, Padula, Coltro, Brisque, Bordon, Montagner e outras. Temos novamente grandes expectativas para a edição deste ano”, contou Belintani.

A igreja foi consagrada à Nossa Senhora da Candelária porque existia no local, na época, uma fazenda produtora de café com o nome de “Fazenda Candelária”. O resgate da festa na edição de 2013 ocorreu pelas mãos dos filhos e netos das famílias italianas que fundaram o Bairro do Cruzeiro na primeira metade do século passado.

A Virgem da Candelária, ou da Luz, teria aparecido em uma praia na Ilha de Tenerife, nas Ilhas Canárias, Espanha, em 1400. Os nativos guanches da ilha teriam ficado com medo e tentado atacá-la, mas suas mãos teriam ficado paralisadas. A imagem teria sido guardada em uma caverna, onde, séculos mais tarde, foi construído o Templo e Basílica Real da Candelária (em Candelária). Mais tarde, a devoção se espalhou pela América.

 

 

 

.:: SERVIÇO ::.

 

72ª Festa da Candelária de Sumaré/SP

 

Data: 5, 6 e 7 de agosto de 2016 – de sexta-feira a domingo

Local: Comunidade Nossa Senhora Candelária – Bairro do Cruzeiro – Área Rural (com fácil acesso pela Rodovia Sumaré/Monte Mor)

• Sexta-feira, 5 de agosto

19h – Show com Cachoeiro e Crael

20h – Bingo Beneficente

21h – Show com Rodrigo Motta & Juliano

• Sábado, 6 de agosto

19h – Show com os Violeiros de Santana

20h – Bingo Beneficente

21h – Show com Marcio & Douglas

• Domingo, 7 de agosto

10h – Missa Campal Sertaneja com os Violeiros de Santana

          Desfile dos Cavaleiros (saída: Paraíso das Águas)

12h – Almoço Caipira com Show de Craveiro & Cravinho

14h – Leilão Beneficente de Prendas (eletrodomésticos, produtos rurais e animais vivos)