Perto do mar a gente é mais feliz

Por Maristela Negri 20/12/2018 - 21:46 hs
Perto do mar a gente é mais feliz
Professora Maristela Negri, sócia-diretora do CLAP de Piracicaba

 

 A água do mar melhora nossa saúde física, psíquica, mental e espiritual

 

Manhã entre amigos, curtindo um gostoso feriado na praia, envolvidos pelo ar “marinho”, sem preocupações com nossos compromissos, horas marcadas ou o ritmo acelerado da cidade.

 

Aproveitamos para uma caminhada contemplativa sobre a areia fina e macia, entre a multiplicidade das conchas, diversidade da vegetação, enfeitiçados pelas ondas, pelo vento, pelas gaivotas no ar a espreita de seu desjejum. Colocando a conversa e as risadas em dia, não percebemos o tempo passar e, de repente, nosso estômago já estava a reclamar pela hora do almoço.

 

Chegando ao restaurante, simples, aconchegante, com toalhas de chita colorindo o ambiente, deparamo-nos com a seguinte citação: “Perto do mar a gente é mais feliz”. A frase, que não mencionava o nome do autor, tocou minha alma e instantaneamente fechei meus olhos. Os sentimentos, as sensações fluíram com precisão e simplicidade, trouxe-me mais intimidade, deixando-me mais desperta para resgatar o momento e a percepção dos benefícios de estar no mar.

 

O prazer do sol aquecendo minha pele, o cheiro do mar, o barulho do vai e vem das ondas, o cantarolar dos pássaros, percepções que nos induzem ao relaxamento, a introspecção e ao encontro consigo mesma.

 

Ao descansar e repousar o meu olhar e todo o meu corpo no horizonte azul que desponta a minha frente, unindo o céu e o mar, minha mente desperta e eu me deparo com a imensidão, com a grandeza do Universo que nos acolhe, com as infinitas possibilidades.

 

Um momento de transcendência do ser, da compreensão de que fazemos parte de um todo, uma rede de conexão que nos conecta a tudo e a todos. Estar junto à natureza faz com que a gente se sinta conectada com nossa essência e essa conexão nos deixa mais felizes.

 

Viver perto do mar melhora de maneira significativa a nossa saúde física, psíquica e mental, revela o estudo desenvolvido pela Universidade de Exeter, no sudoeste da Inglaterra. Um banho de mar lava o nosso corpo e a nossa alma, reduz os níveis de estresse e garante melhor qualidade de vida, pois o “segredo” está na composição de grandes massas de água salgada: cloreto de sódio, magnésio, cálcio e sulfatos.

 

Vários estudos (Universidade da Califórnia – EUA; Hospital Royal Prince Alfred – Austrália; Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Brasil), comprovam que a água do mar traz muitos benefícios para a nossa saúde, fortalece o sistema imunológico, alivia o nariz e o pulmão, pois a inalação de uma solução de água salgada resulta em muco nasal mais fino, redução de tosse e melhoria das funções pulmonares.


Contribui com a redução da dor em doenças crônicas, já que o contato com a água fria permite liberação de hormônios (endorfinas, adrenalina, cortisol) e, consequente, alivio da dor.

 

A água marinha também é excelente para a saúde da pele devido às propriedades antissépticas para curar feridas e aliviar inflamações. Ao mergulhar no mar, o sal restaura nossas energias, diminui a depressão e nos proporciona uma deliciosa noite de sono.


Os sons do mar ativam o córtex pré-frontal do cérebro, área associada a emoções e autorreflexões, fazendo com que a capacidade de bem-estar e autoconhecimento seja ampliada, favorecendo a sensação de paz e equilíbrio, como um maravilhoso presente do mar.

 

Sejam todos bem vindos ao mar! Gratidão!


Maristela Negri Marrano é sócia diretora do Centro de Longevidade e Atualização de Piracicaba (Clap), pós-graduada em Neurociências aplicadas a Longevidade (UFRJ) e mestre em Educação Física (Unimep).

Contato: maristela@centroclap.com.br