Capacidade de perdoar

Por Oscar DAmbrosio 24/02/2020 - 21:26 hs
Capacidade de perdoar
Oscar D´Ambrosio é jornalista e gerente de Comunicação e MKT da Faculdade de Ciências Médicas de SP

Um dos maiores desafios do ser humano é exercer a capacidade de perdoar. Discursar sobre o assunto pode ser fácil e politicamente correto, mas exercer de fato essa capacidade, sendo sincero e tornando o ato de compreender o outro uma postura existencial coerente e permanente não é tarefa fácil.

O filme “The Forgiven – Redenção”, dirigido por Roland Joffé, trata justamente disso.  A obra foca, em meados dos anos 1990, o diálogo entre o arcebispo sul-africano Desmond Tutu, prêmio Nobel da Paz em 1984, e um fictício presidiário que, acusado de ter matado uma adolescente negra, pede uma audiência com o sacerdote.

O debate entre o preso e Tutu, coordenador da Comissão de Verdade e Reconciliação, formada pelo presidente Nelson Mandela, mostra como o ódio fecha portas. Há um jogo verbal do assassino para enervar justamente o homem que tinha a função de ouvir não só as famílias das vítimas, mas também as dos agressores.

Forest Whitaker interpreta com grande entrega os dilemas do arcebispo, que tem, nas reuniões na cadeia, muitos de seus valores questionados, principalmente o seu otimismo esperançoso na reconciliação da África do Sul. Como Tutu diz, pior do que a prisão que limita a liberdade do corpo é o preconceito, que limita a capacidade da mente.

O prisioneiro provoca discussões sobre a capacidade de perdoar. Elas encontram seu ápice na fala da mãe que teve a filha assassinada, em cena comovente. Os limites entre a dor, o ódio e a vingança também são colocados em xeque em uma sociedade dividida pela cor da pele em que o respeito aos direitos humanos exigiu – e  exige –  um grande aprendizado.

Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.