Contra o preconceito

Por Oscar DAmbrosio 08/06/2020 - 15:06 hs
Contra o preconceito
Oscar D´Ambrosio é jornalista e gerente de Comunicação e MKT da Faculdade de Ciências Médicas de SP

O tema do preconceito é hoje uma prioridade no mundo. Ele se dá de maneira muito aguda na questão racial, mas também se faz presente em outras instâncias. É o que mostra o filme “Western”, da diretora alemã Valeska Grisebach. Cabe ao ator Meinhard Neumann ser o protagonista de uma história aparentemente banal que se torna épica.

O personagem integra um grupo de trabalhadores alemães da construção civil designado para atuar em uma remota região rural da Bulgária na construção de uma central hidroelétrica. A maioria deles, desde a sua chegada, adota uma posição de superioridade e preconceito em relação à população local, o que os torna indesejados.

O protagonista é a exceção que confirma a regra. Calado, introspectivo, começa lentamente a se relacionar com os habitantes do povoado. Com atitudes simples, desperta amizades e uma paixão, mas a diferença de língua e de cultura dificultam um entendimento maior. Isso, porém, não impede que ele se integre em meio a lutas sociais e econômicas locais pelo poder.

A narrativa mostra como as diferenças entre as pessoas são expressas no cotidiano. Nesse sentido, o dia a dia é muito mais difícil de administrar do que parece. Um simples gesto, uma palavra mal colocada ou uma ação impensada podem detonar ações de amor ou de ódio, com trágicas consequências, a qualquer momento. É esse o grande alerta que “Western” nos traz.

Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Coordena o projeto @arteemtempodecoronavirus e é responsável pelo site www.oscardambrosio.com.br