Acidentes de trânsito registram 26 mortes nas rodovias de São Paulo

Por Roberto 10/07/2019 - 19:42 hs

Acidentes de trânsito registram 26 mortes nas rodovias de São Paulo
Polícia Militar Rodoviária divulgou balanço da Operação 9 de Julho

O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), órgão de execução da Polícia Militar do Estado de São Paulo, realizou entre os dias 5 e 9 de julho, a Operação “Nove de Julho 2019”, nos mais de 22 mil km da malha rodoviária do Estado de São Paulo. Cabe ressaltar que esse feriado prolongado de “Nove de Julho” contou com cinco dias, sendo que em 2018, apenas quatro.

Nesse período, segundo a PMR, houve uma redução de 3,7% de vítimas fatais, porém a maioria dos acidentes poderia ter sido evitada, pois em grande parte dos casos, a causa está relacionada à imprudência, negligência ou imperícia dos motoristas. O saldo foi de 26 mortes, sendo 12 em decorrência de colisões, seis vítimas de atropelamento.

Com o foco principal na preservação da vida, foram elaborados: 

28.739 autuações (aumento de 41,68%), além de autuações por excesso de velocidade, 26.402 imagens de radar (aumento de 24,51%), o que demonstra que a imprudência dos motoristas ainda é elevada; 

417 autuações (-15,42%) em decorrência de motoristas flagrados sob efeito de álcool ou de outras substâncias psicoativas, que determinem dependência, bem como, 534 autuações em condutores que se recusaram ao teste do etilômetro, sendo que 11.289 motoristas realizaram o teste do etilômetro (aumento de 98,89%), destes, 26 foram presos em flagrante (- 13,33%) pelo crime de embriaguez ao volante, sendo que destes, 10 se envolveram em acidentes de trânsito. 

5.393 autuações por não utilizarem o cinto de segurança e outros dispositivos de retenção; 

1.957 autuações por ultrapassagens pela contramão de direção; 

1 autuação em motociclista que estava sem o uso do capacete, viseira ou óculos de proteção. 

74 veículos foram removidos para os pátios; 

1.022 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) recolhidas; 

1.861 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) recolhidos. 

Mediante o planejamento operacional realizado, visando o combate aos diversos ilícitos penais, destacam-se: 

55 pessoas (aumento de 10%) presas em flagrante por outros crimes; 

21 procurados pela Justiça foram recapturados e devolvidos ao sistema penitenciário (aumento de 50%); 

1.119,623 kg de drogas apreendidas (443,352 kg de cocaína e pasta base; 662,037 kg de maconha; e outras); 

400.000 maços de cigarros apreendidos.