Educação retoma processo seletivo para professores temporários substitutos

Por Roberto 20/07/2019 - 19:54 hs

Educação retoma processo seletivo para professores temporários substitutos
Americana vai contratar 53 professores temporários

 

A Secretaria de Educação de Americana retoma, a partir da publicação de edital no Diário Oficial Eletrônico neste sábado (20/7), o processo seletivo simplificado para contratação de professores temporários substitutos. O processo estava suspenso, mas a Justiça concedeu liminar e a Prefeitura prossegue, agora, com todo o trâmite. No Diário Oficial Eletrônico, será publicada a classificação inicial dos candidatos. O novo cronograma estabelece o prazo entre os dias 30 de julho e 7 de agosto para entrega dos documentos; e o dia 8 de agosto para apresentação de recursos. A homologação e publicação da classificação final estão previstas para 13 de agosto. 

O processo seletivo foi iniciado em fevereiro, quando foram estabelecidas as datas para inscrição. Mas uma liminar da Justiça suspendeu o processo logo depois de encerradas as inscrições. No início de julho, o Supremo Tribunal Federal concedeu nova liminar liberando o processo seletivo. Agora, a Prefeitura retoma o trâmite de onde parou.

O prefeito de Americana, Omar Najar, destacou que as contratações servirão para ampliar a capacidade de atendimento nas escolas e creches. "Nós tivemos um número grande de profissionais que pediram exoneração ou se aposentaram nos últimos dois anos. Esta contratação temporária permitirá reequilibrar o quadro de profissionais", disse o chefe do Executivo.

São 53 vagas no total, sendo 25 vagas para professor de Creche substituto; 5 vagas para Professor de Educação Básica 1 (Educação Infantil Substituto); 15 vagas para Professor de Educação Básica 1 (Ensino Fundamental Substituto); uma vaga para professor Educação Básica 2 ( Peb 2) Substituto para cada uma das seguintes áreas: Artes, Ciências Físicas e Biológicas, Geografia, História, Educação Física, Inglês, Língua Portuguesa e Matemática. Esses profissionais atuarão nas escolas da rede pública municipal com o objetivo de suprir vacâncias, licenças, afastamentos e ausências de professores titulares efetivos.  Entre 2017 e início de 2019, 51 professores se desligaram da Secretaria de Educação, entre pedidos de demissão, aposentadorias e falecimentos.

A secretária de Educação, Evelene Ponce Medina, avalia como muito importante essa retomada, principalmente por mitigar a falta de professores na rede municipal de ensino e salienta que esses profissionais serão contratados por tempo determinado, de acordo com a necessidade da Administração Municipal. “Com essas contratações, supriremos a necessidade das eventuais substituições de professores que, por algum motivo, precisam faltar ao trabalho. Em breve, a Secretaria de Educação abrirá concurso público para selecionar profissionais para as vagas efetivas”, afirmou.