Alunos da rede municipal colaboram com cooperativas de recicláveis em projetos de sustentabilidade

Por Roberto 21/08/2019 - 13:07 hs

Alunos da rede municipal colaboram com cooperativas de recicláveis em projetos de sustentabilidade
Alunos contribuem com projetos de sustentabilidade e ajuda às cooperativas

Sustentabilidade, geração de renda e educação ambiental. As boas práticas ambientais realizadas nas escolas municipais de Santa Bárbara d’Oeste se transformaram em geração de renda por meio de parcerias com cooperativas de reciclagem. A média mensal de material reciclável arrecadada pelos parceiros chega a 1,3 toneladas.

Diversos projetos de sustentabilidade são desenvolvidos dentro das escolas. E pequenas atitudes acabam se transformando em mudanças de comportamento. Abolir o uso do copo descartável e disseminar conhecimento sobre o que representa consumir menos plástico, gera uma consciência e uma postura mais responsável perante a sociedade. Separar os resíduos é outro hábito que transforma. A parceria com as cooperativas dinamizou o processo da coleta seletiva, com as “bags” (coletores) dentro da escola e a coleta realizada pelas cooperativas semanalmente.

A iniciativa começou em maio com uma primeira reunião entre as cooperativas Recicoplast e Juntos Somos Fortes com a coordenação e equipe técnica da Secretaria de Educação. O projeto foi apresentado aos dirigentes das escolas municipais e a adesão foi total. Em julho as bags (coletores) foram enviadas para as escolas, e a parceria foi concretizada. 

O que seria apenas resíduo ganhou status de comprometimento e satisfação pelos profissionais de educação e alunos, em saber que aquele material não vai degradar o meio ambiente, mas sim gerar renda para várias famílias. Além de ser uma ação sustentável e social, é uma ação de cidadania. São 53 unidades escolares participando do processo, envolvendo mais de 15 mil alunos e 2 mil funcionários que destinam o que consomem diariamente na escola para as cooperativas. A Secretaria de Educação também faz parte do projeto, separando o lixo e revertendo para a reciclagem. 

“Uma das diretrizes da Administração do prefeito Denis Andia é cuidar do meio ambiente, e o papel da Educação é o de formar uma base sólida, com valores que permeiam a construção de uma sociedade cada vez melhor. E experienciar este processo de destinar corretamente o que não se usa mais, reciclar e ajudar famílias, faz com que nossas crianças sintam-se pertencentes ao todo, se comprometendo com ações cada vez mais sustentáveis. A visão muda, o hábito modifica, as atitudes transformam”, disse a secretária de Educação, Tânia Mara da Silva.