Projeto Ninho Musical da Fundação Romi abre novas inscrições

Por Roberto 13/01/2020 - 20:44 hs

Projeto Ninho Musical da Fundação Romi abre novas inscrições
Orquestra Ninho Musical da Fundação Romi

Em 2020 o Projeto Ninho Musical completa dez anos e abre inscrições para interessados em participar, a partir de 14 de janeiro

Mais um ano começa, e a Estação Cultural da Fundação Romi abre inscrições para os interessados em participar do Projeto Ninho Musical, a partir desta terça-feira, dia 14 de janeiro. A proposta, que chega ao seu décimo ano em 2020 e é gratuita, acontece às terças-feiras, das 19 às 22 horas, e sábados, das 07h30 às 10h30, com retorno agendado para o dia 04 de fevereiro. Para participar é necessário ter a partir de 12 anos, preencher a ficha de inscrição e entregar os seguintes documentos: cópias do RG, CPF e comprovante de residência e uma foto 3x4 atualizada.


O Projeto Ninho Musical acontece desde 2010 na Estação Cultural da Fundação Romi. Durante este período já oportunizou a formação musical de orquestra a milhares de pessoas, com idade a partir de 12 anos. Para participar não é preciso ter vivência em música. Basta ter vontade em aprender. A oficina abrange teoria musical, leitura e interpretação de partituras, aulas práticas de instrumentos musicais, cuidado e afinação e compreensão de regência. Sob a coordenação do Maestro Paulo Bellan, emprega metodologias ativas e aprendizagem por desafios, com a finalidade de instigar a curiosidade no participante, levando-o a encontrar as respostas a partir de seus próprios conhecimentos e de sua interação com os demais colegas. O lema do processo é “o aluno que sabe mais auxilia o que sabe menos”.


Para a Fundação Romi, mantenedora do espaço plural e multicultural e proponente do projeto, a continuidade do Ninho Musical, e chegar a marca de dez anos, vai de encontro com a missão da instituição. “Trabalhamos com foco no desenvolvimento social e humano através da educação e cultura. Para isso, oferecemos atividades gratuitas que contribuem para a formação da população de Santa Bárbara d’Oeste e região, através de nossas áreas”, explica o superintendente da Fundação Romi Vainer Penatti. “Manter um projeto contínuo, como o Ninho Musical, por dez anos, é gratificante. Mas, nada disso seria possível se não fossem os parceiros e apoiadores que tivemos durante esse tempo”, finaliza.