Coden conclui metade da instalação da nova rede de água no Jardim Santa Rosa

Por Roberto 13/02/2020 - 09:34 hs

Coden conclui metade da instalação da nova rede de água no Jardim Santa Rosa
Obra de rede de água no Jardim Santa Rosa


A obra de substituição de 6,2 quilômetros da rede de distribuição de água do Jardim Santa Rosa atingiu 50% do projeto de execução, segundo medição realizada esta semana pela Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa). A intervenção, realizada pela empresa Cadre Engenharia Ltda., foi orçada em R$ 3,2 milhões e prevê ainda a implantação de 1,4 mil metros de tubulação em trechos ainda sem cobertura.



De acordo com o Departamento Técnico da companhia, já foram trocados 3,72 quilômetros do encanamento de 63 milímetros e implantados 1,13km de redes novas do mesmo diâmetro. Além disso, foram substituídas 300 ligações de água, o que representa pouco mais de 23% dos 1.298 ramais previstos no contrato firmado com a empresa executora. Nessa primeira metade do trabalho, foram investidos R$ 1.608.954,48.




“Apesar das chuvas dos últimos dias, o trabalho está num ritmo muito bom, com a instalação da nova rede em estágio avançado. Adiantamos as redes primeiro e depois nos dedicamos às ligações”, afirmou o diretor técnico da Coden, Eric Padela.



A rede antiga do Jardim Santa Rosa foi instalada há mais de 50 anos. Ela está sendo substituída por tubos de PEAD (Polietileno de Alta Densidade), material de maior durabilidade, com garantia de 100 anos. Nessa fase, estão contempladas 21 ruas e avenidas, localizadas entre as ruas XV de Novembro e Azil Martins, beneficiando 50% da população do bairro. A outra metade foi atendida em 2015, quando a Coden trocou toda a tubulação do Jardim Bela Vista, num investimento de R$ 4.110.093,60.




A intervenção foi orçada em R$ 3.220.000. Desse total, R$ 2.456.023,02 são provenientes da cobrança pelo uso da água em rios de domínio da União e do Estado de São Paulo, compensação financeira/royalties do setor hidrelétrico (Fehidro - Fundo Estadual de Recursos Hídricos), e R$ 763.976,98 de contrapartida da Coden. A cobrança pelo uso da água é gerenciada pela Fundação Agência das Bacias PCJ (rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), cuja decisão de distribuição é tomada pelos Comitês PCJ.