Prefeitura de Santa Bárbara começa a operar Hospital de Campanha após 3 meses

Por Roberto 29/06/2020 - 19:58 hs

Prefeitura de Santa Bárbara começa a operar Hospital de Campanha após 3 meses
Leito montado no HC em Santa Bárbara (Imagem Prefeitura)

Com a ampliação dos leitos de UTI implantados dentro do Hospital Santa Bárbara e voltados ao tratamento de pacientes com Coronavírus, o Hospital de Campanha de Santa Bárbara d’Oeste foi, finalmente, ativado pela Prefeitura nesta segunda-feira (29), depois de quase três meses de seu anúncio.




O Hospital de Campanha conta com 50 leitos já implantados, sendo 48 clínicos e 2 para situações de emergência. A finalidade da unidade é tratar os pacientes para evitar que necessitem de UTI e também concluir o tratamento dos pacientes que evoluem para a alta hospitalar e retorno para suas casas.


 

Os números são diferentes dos anunciados hoje à tarde pela secretária municipal de Saúde, Lucimeire Rocha em reunião virtual com vereadores da Comissão de Covid-19. Na conversa com os parlamentares, ela destacou que o Hospital de Campanha montado no campus da Unimep teria início nesta tarde, inicialmente com 12 leitos, apenas de baixa complexidade, para pacientes com quadro leve, mas que ainda não podem ir para casa. Segundo ela, o Hospital de Campanha deve contar com 30 profissionais, alguns contratados em regime temporário.



Por se tratar de um espaço com isolamento, o acesso é restrito aos pacientes e profissionais da unidade. Os boletins de saúde serão repassados aos familiares em área anexa ao hospital.

“Até o momento, conseguimos disponibilizar todo o atendimento dentro do próprio Hospital Santa Bárbara, que tem sido um grande parceiro. Conseguimos abrigar nele toda a primeira etapa, que consistiu em 5 novos leitos de UTI e 16 leitos clínicos de retaguarda. Na segunda etapa, criamos outros 10 leitos de UTI e agora transferimos a retaguarda para o hospital de campanha. Com isso, teremos mais espaço dentro do HSB para implantar novos leitos de UTI, se for necessário. Até o momento, já saímos de 8 para 25 leitos - o triplo do que sempre tivemos antes”, comentou o prefeito Denis Andia. “Nesta etapa, todos os leitos de UTI continuam dentro do Hospital Santa Bárbara mas a retaguarda clínica passa para a unidade de campanha. Ganhamos maior dinâmica em ambas as frentes e capacidade ampliada de atendimento. Um hospital complementa o outro”, ressaltou Andia.




A unidade de campanha é uma parceria entre a Prefeitura e a Unimep, que cedeu parte das instalações do seu campus em Santa Bárbara d’Oeste. O Município instalou toda a estrutura hospitalar e sistema de informática, além de disponibilizar todos os profissionais de saúde e insumos necessários ao funcionamento do hospital.