Palmeiras vence Corinthians nos pênaltis e evita o tetra do rival

Por Roberto 08/08/2020 - 19:03 hs

Palmeiras vence Corinthians nos pênaltis e evita o tetra do rival
Palmeiras levou susto no final do jogo, mas se recuperou nos pênaltis

Foi na emoção, apenas nos pênaltis, mas o Palmeiras encerrou jejum de 12 anos e voltou a ser campeão do Paulistão Sicredi. Após empate, por 1 a 1, no tempo normal, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo levou a melhor nos pênaltis (4 a 3), neste sábado, sobre o Corinthians que buscava o inédito tetracampeonato.



Essa foi a 23ª volta olímpica do Palmeiras no Estadual, o segundo maior vencedor, atrás apenas do Corinthians, que segue com 30. Já Vanderlei Luxemburgo se tornou o técnico recordista em títulos no Paulistão. Agora, são nove conquistas espalhadas por Palmeiras (5), Corinthians (2), Corinthians (1) e bragantino (1).



No tempo normal, Luiz Adriano abriu o marcador para o Palmeiras aos 3 minutos do segundo tempo e Jô, de pênalti, deixou tudo igual aos 5. no último lance do jogo. Raphael Veiga, Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Patrick de Paula anotaram para o Palmeiras, enquanto Bruno Henrique desperdiçou seu pênalti. Danilo Avelar, Sidcley e Jô fizeram para o Corinthians. Michel Macedo e Cantillo perderam suas cobranças.

Palmeiras e Corinthians iniciaram a final de forma truncada e nervosa.  A primeira chance surgiu aos 6 minutos. Zé Rafael, mesmo caído na área, tocou para Willian que chutou à queima roupa, mas Cássio faz grande defesa. Três minutos depois, Jô aproveitou escanteio batido da esquerda e cabeceou com perigo.



O clássico diminuiu o ritmo. Os times voltaram a errar passes e pouco tentaram atacar. Com isso, o primeiro tempo terminou sem gols.

O segundo tempo começou quente. Logo aos 3 minutos, Viña fez cruzamento perfeito para Luiz Adriano que, no meio da zaga rival, cabeceou no cantinho, sem chance para Cássio. O gol assustou o Corinthians e fez o Palmeiras administrar o jogo.



Quando tudo parecia decidido, aos 50 minutos, Jô recebeu na área e deu um corte seco em Gustavo Gómez. O zagueiro palmeirense deu o carrinho e fez pênalti. Na cobrança, Jô deixou tudo igual e levou a decisão para os pênaltis.

Ficha Técnica

Palmeiras (4) 1x1 (3) Corinthians

Data: 08/08/2020
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Patrick de Paula, Ramires (Rony) e Gabriel Menino (Bruno Henrique); Zé Rafael (Raphael Veiga), Willian (Lucas Lima) e Luiz Adriano (Gustavo Scarpa). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Corinthians: Cássio; Fagner (Michel Macedo), Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto (Sidcley);  Gabriel (Cantillo), Éderson, Ramiro (Araos), Luan e Mateus Vital (Everaldo); Jô. Técnico: Tiago Nunes

Gols: Luiz Adriano (PAL, aos 3'/2ºT) e Jô (COR, aos 51'/2ºT).

Cartões amarelos: Patrick de Paula, Rony e Lucas Lima (Palmeiras); Gil, Gabriel e Cantillo (Corinthians)

Fonte: FPF