Pelé vai à Alesp em busca de informações sobre modernização

Por Roberto 25/01/2021 - 21:23 hs

Pelé vai à Alesp em busca de informações sobre modernização
Pelé foi conhecer a TV Câmara e Programa Sem Papel


Presidente da Câmara de Nova Odessa conheceu a TV Câmara e o programa Alesp sem Papel

 

O presidente da Câmara de Nova Odessa, Elvis Ricardo Maurício Garcia, o Pelé (PSDB), esteve na Assembleia Legislativa de São Paulo para conhecer melhor o programa Alesp sem Papel, que tem como objetivo reduzir a circulação de documentos impressos, proporcionar economia aos cofres públicos e contribuir para a redução do impacto ambiental causado pela produção e consumo de milhares de cópias durante o ano.


“O programa foi lançado em dezembro na Alesp e acredito que possa ser implementado também na Câmara de Nova Odessa. É uma iniciativa inovadora que pode nos servir de exemplo. Precisamos investir em tecnologia, reduzir custos operacionais e tornar nossos processos ainda mais transparentes”, afirmou o presidente.


O Alesp sem Papel é um programa corporativo composto por sistemas de informação e por procedimentos e normas que regram e dão suporte à produção, tramitação, gestão e controle de processos e de documentos digitais.



“Já estamos conversando com os servidores efetivos da Câmara porque também temos uma nova legislação à qual devemos estar atentos que é a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). A produção e a gestão dos documentos públicos tem novas regras e não podemos mais adiar essa modernização”, explicou o presidente.


Pelé também aproveitou a visita para conhecer a TV Alesp, que transmite as ações da Assembleia Legislativa. “Todas as ferramentas de comunicação que possam aproximar o legislador da população são interessantes”, disse o vereador. Pelé protocolou um pedido para que a Alesp disponibilize um horário para a transmissão das sessões da Câmara de Nova Odessa em canal digital. “Com um investimento muito baixo podemos criar mais esse canal para transmitir a sessão da Câmara e ampliar a transparência dos atos da Câmara. Ainda é um projeto que estamos começando a estruturar, mas espero concluir em breve”, disse.