Americana registra mais duas mortes por coronavirus

Por Roberto 15/02/2021 - 18:58 hs

Americana registra mais duas mortes por coronavirus
Americana chega a 266 óbitos pela doença

A Prefeitura de Americana, por meio da Vigilância Epidemiológica, informou nesta segunda-feira (15) que foram registrados mais dois óbitos por Covid-19, sendo um homem (44), morador do bairro Antônio Zanaga, que estava internado no Hospital Municipal e faleceu no dia 11 de fevereiro e um homem (73), morador do Centro, que estava internado em hospital particular e faleceu no dia 12 de fevereiro. Em ambos os casos não havia informação sobre doenças preexistentes.

 

Novos positivos


O boletim atualizado trouxe 69 novos resultados positivos, sendo 13 após realização de testes rápidos, dos quais 10 estão em isolamento domiciliar e três já se recuperaram; e 56 após realização de exames PCR, dos quais 33 estão em isolamento domiciliar e 21 já se recuperaram, além de dois novos óbitos.


Novos suspeitos


O boletim ainda trouxe mais nove novos casos suspeitos, todos de pacientes que seguem internados.



Quadro geral


O quadro geral da Covid-19 em Americana é o seguinte: 10.619 casos positivos, sendo 11 internados, 266 óbitos, 159 em isolamento domiciliar, 10.183 recuperados e 39 casos suspeitos aguardando resultados de exames, todos de pacientes internados. Além disso, o município contabiliza agora 17.731 casos que eram considerados suspeitos, mas que já foram descartados pelo resultado de exame negativo.



Ocupação de leitos


Nesta segunda-feira (15), a taxa geral de ocupação de leitos para Covid-19 no município é de 34% de leitos com respiradores (de 56 no total, 21 estão ocupados) e de 35% de leitos sem respiradores (de 71 no total, 26 estão ocupados).


No Hospital Municipal a taxa de ocupação é a seguinte: 12% com respiradores (de 17 no total, 2 ocupados) e 100% sem respiradores (de 18 no total, 18 ocupados). No Hospital São Lucas, a taxa de ocupação de leitos é de 50% com respiradores (de 10 no total, 5 ocupados) e 0% sem respiradores (de 17 no total, nenhum leito ocupado); no Hospital São Francisco a taxa é de 40% de leitos com respiradores (de 15 no total, 6 ocupados) e de 22% sem respiradores (de 18 no total, 4 ocupados) e no Hospital Unimed a taxa é de 43% de leitos com respiradores (de 14 no total, 6 ocupados) e de 17% de leitos sem respiradores (de 18 no total, 3 ocupados).