Após casos de Covid-19, aulas presenciais na Escola Luzia Baruque são suspensas

Por Roberto 02/03/2021 - 22:19 hs

Após casos de Covid-19, aulas presenciais na Escola Luzia Baruque são suspensas
Escola do Romano registra casos de Covid-19

 

As aulas presenciais na Escola Estadual Profª Luzia Baruque Kirche, no Conjunto Roberto Romano, em Santa Bárbara d’Oeste, estão suspensas até o dia 14 de março após a confirmação de três casos positivos de Covid-19 e mais dois suspeitos que aguardam resultados dos exames. A medida foi tomada em conjunto entre Diretoria Regional de Ensino e a Vigilância Sanitária do município.


A unidade escolar retomou as aulas presenciais no dia 8 de fevereiro, com oito alunos por classe e vem tomando todas as medidas de segurança recomendadas, como distanciamento, uso de máscara e regras de segurança. Os cinco professores foram afastadas das atividades assim que começaram a ter os primeiros sinais da doença.


A Apeoesp (Sindicato dos Professores de Americana e Região), informou que a escola foi fechada após denúncia de surto feita pela entidade sindical, seguindo o protocolo paulista em casos de surto, que determina que quando houver dois ou mais casos eles devem ser chamados e definir ações, inclusive com suspensão das aulas. “A Apeoesp continua orientando seus associados a fazerem denúncias dos casos de afastamento por Covid-19, para que nosso trabalho tenha resultado e não coloque a comunidade escolar em mais risco, do que já estão”, informou a entidade em nota.


A Apeoesp informou que no dia 26 de fevereiro saiu o resultado positivo de 2 professores contaminados na EE Luzia Baruque. Também, ontem, mais três escolas de Santa Bárbara tiveram professores afastados devido a contaminação por covid, sendo uma professora na EE Ulisses Valente, no centro, uma aluna na EE Sonia Bataglia, no bairro Cidade Nova e uma professora na EE Neuza Nazato de Carvalho, na Vila Pântano.