Covid-19: Morre o radialista Itamar Rodrigues aos 45 anos, funcionário das rádios Brasil e Luzes

Por Roberto 07/04/2021 - 12:07 hs

Covid-19: Morre o radialista Itamar Rodrigues aos 45 anos, funcionário das rádios Brasil e Luzes
Itamar Rodrigues era a voz mais ouvida da Rádio Brasil; era locutor comercial

Depois de três semanas internado, morreu na manhã desta quarta-feira (7), o radialista Itamar Aparecido Rodrigues, aos 44 anos, vítima de complicações da Covid-19. Itamar trabalhava havia muitos anos na Rádio Brasil de Santa Bárbara d’Oeste. Também prestava serviços na Rádio Luzes da Ribalta. Atuou também na Faculdade Anhanguera.


Itamar testou positivo para o novo coronavirus no dia 15 de março e logo em seguida foi hospitalizado. Depois, foi entubado, passou por traqueostomia e nos dois últimos dias seu quadro se agravou. Ontem, familiares e amigos pediam orações por ele, mas, infelizmente, hoje veio a óbito.


Não temos ainda notícia sobre o sepultamento. Itamar deixa a esposa Cristiane Irmer, que também foi diagnosticada com a doença e internada, mas, felizmente, se recuperou e filhas.


NOTA DA DIREÇÃO

"Com profunda tristeza e pesar, o Grupo Brasil de Comunicação, vem a público, em nome do presidente Paulo D'Elboux, lamentar o falecimento na data de hoje 07/04/2021 do nosso grande amigo e colaborador Sr. Itamar Aparecido Rodrigues, com 45 anos.

Itamar Rodrigues, integrante da equipe de profissionais da Rádio Brasil AM de Santa Bárbara d'Oeste (690 KHz), era o funcionário com maior tempo na emissora, 27 anos de trabalho como técnico de som e gravação.  

Começou aos 17 anos de idade, na época do vinil, quando o trabalho era artesanal, encarou as mudanças tecnológicas e se preparava para entrar na nova fase da emissora com a migração da AM para FM.

Você leva uma parte grande da nossa alegria de viver e conviver contigo, das nossas recordações, dos momentos mais felizes e tristes da nossa profissão.

Neste momento de dor, prestamos nossa solidariedade à família, aos filhos e amigos, deixamos nossas mais sinceras condolências por esta inestimável perda."

Itamar era filho de Sebastião Rodrigues e Adeleide Manzatto Rodrigues. Velório tem início às 7h e o sepultamento acontece nesta quinta-feira (8), às 10h, saindo do Velório do Parque Gramado, em Americana, para o Cemitério da Paz, em Santa Bárbara d'Oeste.

MENSAGEM


A filha Evelyn Irmer escreveu na rede social. "Meu amor, meu tudo! Você se foi e levou meu coração junto... Eu vou viver por você até o fim, te amo além da vida, te amo além da dor, te amo até meu último suspiro em vida! logo seremos eu e você novamente, meu amor."


A filha Ketlim Irmer também homenageou o pai em sua rede social. "E assim eu quero me lembrar de você PAI. Pessoa carinhosa, alegre, sempre de bem com a vida, obrigada por tudo que sempre fez pela nossa família, obrigada por todo cuidado, amor que sempre teve comigo e com as meninas. A saudade dói demais, mas eu sei que um dia nos reencontraremos na casa de Deus. Obrigada por tudo e por tanto, por ser esse exemplo de pessoa, esse exemplo de PAI! Eu te amo muito e já sinto a sua falta 😞💔

Quero deixar aqui o meu agradecimento a todas as pessoas que oraram, mandavam mensagens, ligavam oferecendo ajuda, gratidão a todos vocês, Deus abençoe cada um. Eu e minha família não temos palavras pra agradecer tanto carinho. Agora ficaremos com as boas lembranças e uma saudade sem fim".

 

ESTÚDIO VAZIO


A Rádio Luzes, onde Itamar também trabalhava, informou que vai denominar o estúdio B (gravação) com o nome do colaborador. Com o título Estúdio Vazio, segue o texto.


O estúdio agora está vazio. Mas não foi sempre assim. Até poucos dias atrás, era um estúdio cheio de emoções, criatividade, capricho, dedicação. O mago do rádio cuidava dele. Chamadas, vinhetas, jingles, spots eram gravados, editados, montados e criavam vida, informando, emocionando, divertindo.

Itamar Rodrigues, o mago do rádio, nos deixou hoje, no auge dos seus 44 anos. Uma vida dedicada à arte do áudio e recentemente também do vídeo. Uma vida dedicada à família e aos muitos amigos que conquistou com educação e simpatia.




Era gago, mas ao gravar textos o fazia como poucos. Era magro, mas tinha uma presença de peso. Inteligente e com conhecimento cultural acima do nível. Não era mago à toa. Não vai deixar saudade à toa. Não viveu em vão.

Deixou muitos ensinamentos para todos nós. Humildade foi o principal deles.

P.S.: O Estúdio B da Rádio Luzes vai ganhar o nome que merece: Sonoplasta Itamar Rodrigues.