Morre comerciante que levou 14 facadas do ex-companheiro

Por Roberto 15/04/2021 - 17:56 hs

Morre comerciante que levou 14 facadas do ex-companheiro
Giane Dias ficou internada 12 dias, mas não resistiu

Morreu na tarde desta quinta-feira (15), a comerciante Giane Elizabete Dias da Silva, de 52 anos, que tinha sido esfaqueada pelo ex-companheiro José Ribamar de Moraes Rego, de 59 anos, no último dia 3 de abril, em Santa Bárbara d’Oeste. Segundo a polícia, ela levou 14 facadas.


Giane ficou internada em estado grave na UTI, passou por cirurgia e dois dias depois já estava no quarto em processo de recuperação, mas nos últimos dias, seu quadro clínico se agravou e ela teve que voltar à UTI. Hoje, infelizmente, não resistiu. Ficou 12 dias internada no Hospital Santa Bárbara.


O ex-marido se entregou à polícia no mesmo dia do crime ocorrido na ex-lanchonete da família – Riba´s Lanches, na Avenida Tiradentes - e na madrugada do dia seguinte foi encontrado morto na cela da Cadeia de Santa Bárbara d’Oeste. Ele se suicidou usando a camiseta e meias.


Giane Dias da Silva


Segundo o Hospital Santa Bárbara desde domingo, Giane voltou à UTI por complicações respiratórias. “Hoje, pela manhã, seu estado de saúde se agravou e após várias tentativas e manobras de ressuscitação sem êxito, ela evoluiu para óbito”, afirmou a unidade de saúde em nota à imprensa.


Giane era filha de Antonio Carlos Dias da Silva e Maria Josefina Daniel Dias da Silva e deixa o filho João Victor. Sepultamento às 15h30 desta sexta-feira (16), no Cemitério da Paz. Residia no Jardim América.


José Ribamar Moraes Rego foi encontrado morto na cela