Clínica-Escola de Fisioterapia da PUC-Campinas oferece programa de reabilitação para pacientes pós-covid

Por Roberto 03/05/2021 - 10:35 hs

Clínica-Escola de Fisioterapia da PUC-Campinas oferece programa de reabilitação para pacientes pós-covid
PUC-Campinas oferece atendimento de fisioterapia

 
Tratamento é gratuito e visa acelerar recuperação das sequelas causadas pela doença. Serviço é destinado à população de Campinas e região
 
A Clínica-Escola de Fisioterapia da PUC-Campinas, ampliando seus serviços gratuitos destinados à população de Campinas e região, passa a oferecer um programa de reabilitação e atenção para pacientes pós-covid. O objetivo é acelerar a recuperação do indivíduo acometido pela doença, sobretudo de casos mais graves que podem envolver sequelas respiratórias, motoras e neurológicas. Interessados devem se cadastrar pelos telefones (19) 3343-6819 ou (19) 3343-6820.


 
A iniciativa, idealizada por professores e alunos que atuam no atendimento da Clínica-Escola de Fisioterapia, surge em razão do agravamento da pandemia e dos inúmeros relatos de complicações causadas pela doença, especialmente no trato respiratório, que incluem cansaço físico e falta de ar. A Fisioterapia Respiratória, pouco difundida e desconhecida por parte da população, trabalha na prevenção e tratamento de várias doenças que atingem o sistema respiratório.


 
O direcionamento do paciente para a área específica de tratamento se dará mediante avaliação prévia. No primeiro contato telefônico, o interessado deverá apresentar informações do período de contaminação e relatar os sintomas provocados pela doença. A triagem terá continuidade em uma avaliação presencial com alunos de Fisioterapia que, supervisionados por docentes do curso, respondem pelo atendimento dos pacientes.

 
Cumpridas essas etapas, os pacientes serão classificados de acordo com o grau de complicação. No leve, o indivíduo receberá uma cartilha para realizar atividades em casa. No moderado, além do material, será oferecido atendimento supervisionado em pequenos grupos. Já no grave, o paciente fará reabilitação individualmente com os estudantes duas vezes por semana. O período de tratamento poderá variar de 6 a 8 semanas para os graus leve e moderado. As pessoas em estágio mais agudo terão acompanhamento por mais tempo.

 
Para o atendimento, não é primordial a apresentação de encaminhamento médico. Basta o interessado ter acesso ao cartão do SUS, comprovante de residência, RG e CPF. Os tratamentos estão sendo oferecidos de forma on-line (casos especiais) e presencial, seguindo todas as medidas sanitárias para o controle da transmissão: distanciamento social, uso obrigatório de máscaras e disponibilidade de álcool em gel. Haverá lista de espera em caso de alta procura pelo serviço.
 
“É uma iniciativa relevante por oferecer acesso à Fisioterapia aos pacientes nesta área. São poucos os centros de fisioterapia na cidade e na região. A oportunidade de reabilitação e de recuperação mais rápida é um gesto de humanização, pois podemos ajudar os pacientes acometidos pela covid-19 a retomar sua vida pessoal e profissional com qualidade”, afirma a Profa. Rosmari Aparecida Almeida de Oliveira, docente da Faculdade de Fisioterapia e uma das idealizadoras do projeto.
 
A Clínica-Escola de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, localizada no Campus II da PUC-Campinas, funciona de segunda a sexta-feira, das 7h10 às 18h.