Nova Odessa confirma mais dois casos de coronavirus

Por Roberto 03/05/2021 - 20:15 hs

Nova Odessa confirma mais dois casos de coronavirus
Casos de coronavirus em Nova Odessa


O mais recente boletim diário da Vigilância Epidemiológica de Nova Odessa aponta que a cidade registrou 3.622 casos positivos de Covid-19 desde o início da pandemia, há 14 meses. O boletim informado na segunda-feira (03/05) traz, portanto, dois casos a mais que o anterior, da última sexta-feira (30/04). O motivo é que novamente, até o final da tarde de segunda, o Instituto Adolfo Lutz não havia liberado novos resultados de exames.




Por isso o total de óbitos também se manteve estável nas últimas 72 horas, com 146 moradores da cidade comprovadamente mortos pelo novo coronavírus até aqui. Outras sete mortes “suspeitas” da doença continuam em avaliação, ou seja, aguardando os laudos do laboratório de referência para a Rede Pública de Saúde no Estado. Em 30 casos que chegaram a ser considerados suspeitos, a Covid-19 foi descartada como causa da morte.




O boletim mostra ainda que, do total de novaodessenses infectados, 3.166 já são considerados curados da doença – o equivalente a 87,5%. Outros 4.986 pacientes com ou sem sintomas respiratórios que foram testados pela Saúde Municipal em algum momento deram negativo para o coronavírus, e 602 sintomáticos continuam aguardando resultados de exames laboratoriais que podem confirmar ou descartar a doença.




Eram, na segunda-feira, 37 moradores de Nova Odessa internados com sintomas respiratórios, ou SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave). O total é ligeiramente superior ao de sexta-feira, e inclui seis pacientes sub cuidados da equipe da UR (Unidade Respiratória do Jardim Alvorada), cinco na nova ala respiratória do Hospital e Maternidade Municipal e 26 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em hospitais públicos e privados de outras cidades da região e do Estado.


Os dados da Vigilância Epidemiológica Municipal mostram ainda que 69 profissionais da Saúde que moram ou atuam em Nova Odessa foram contaminados em algum momento da pandemia pelo novo coronavírus, bem como 10 profissionais de Segurança Pública.




Segundo a enfermeira que coordena a Vigilância Epidemiológica, Paula Mestriner, não é a primeira vez que o laboratório deixa de “liberar” um “pacote” de resultados de exames em determinado dia recentemente, o que prejudica a avaliação da real velocidade e tendência de evolução da pandemia na cidade e pode, nos dias seguintes, levar a um falso “boom” de novos resultados positivos. “É comum (acontecer isso), não são todos os dias que o Lutz ‘libera’ laudos”, lamentou a profissional.


É importante ressaltar que a média de pacientes com sintomas respiratórios que têm buscado atendimento diariamente na Unidade Respiratória do Alvorada é atualmente de 65 – em março, no pico da segunda onda, esse número passou dos 140 atendimentos diários, segundo a equipe da unidade.

 

CUIDADOS

 

A Secretaria de Saúde da cidade ressalta que a pandemia continua, o risco é real e que, por isso, todas as medidas de proteção devem continuar, principalmente o uso de máscaras e o isolamento social. A Prefeitura mantém, inclusive, uma campanha constante de orientação sobre este protocolo sanitário em seu site e redes sociais de comunicação.




Como a Covid-19 segue avançando em todo o país, a Secretaria destaca sempre a importância do uso contínuo de máscaras por todos, da higienização constante das mãos com água e sabão ou o uso do álcool em gel a 70% e de se manter o distanciamento social, evitando aglomerações a todo custo, como formas de combater a disseminação do novo coronavírus.