Volta às aulas presenciais em Santa Bárbara está prevista para 31 de maio

Por Roberto 19/05/2021 - 16:39 hs

Volta às aulas presenciais em Santa Bárbara está prevista para 31 de maio
Volta às aulas com 30% está marcada para 31 de maio

A Comissão de Acompanhamento da Volta às Aulas Presenciais, composta pelos vereadores Nilson Araújo Radialista (PSD), Kifú (PL) e Tikinho Tk (PSD), esteve reunida, na manhã desta quarta-feira (19), com a secretária municipal de Educação, Tânia Mara da Silva. Dentre os temas abordados estão o acolhimento das crianças nas escolas e o processo de vacinação dos profissionais da educação.

Durante o encontro, os parlamentares foram informados que a possibilidade ainda em discussão é a do retorno das aulas em forma de rodízio. “Segundo a Tânia Mara, não teremos uma ação igualitária nas escolas e isso vai variar de acordo com o número de profissionais vacinados, para que seja calculada a quantidade de alunos atendidos em cada unidade”, explicou Nilson Araújo. Atualmente, apenas os educadores com mais de 47 anos estão entre os grupos prioritários para serem imunizados contra o novo coronavírus. Em Santa Bárbara d’Oeste ainda devem ser vacinados 30 profissionais desse grupo.

O retorno das aulas presenciais no Município está previsto para o dia 31 de maio, com atendimento de 30% dos alunos, seguindo o protocolo do Estado de São Paulo. No entanto, atualmente, para atender crianças em situação de vulnerabilidade social, 12 unidades de período integral já prestam atendimento, além de 22 unidades privadas que possuem convênio com o Município.

 

Ainda na reunião, essa comissão parlamentar se prontificou a fazer uma Moção de apelo ao Governo do Estado, para que a vacinação seja ampliada para a outras faixas etárias de educadores, abaixo dos 47 anos, e para que também sejam incluídos estagiários e monitores de creche. 

Também com o intuito de acompanhar a volta às aulas, garantindo a segurança de alunos e profissionais da educação nesse momento de pandemia, a comissão está disponibilizando um telefone para denúncias, reclamações e sugestões: (19) 3459-8928.