Moradores do Bosque dos Pássaros reclamam de conta de água

Por Roberto 12/09/2021 - 19:55 hs

Moradores do Bosque dos Pássaros reclamam de conta de água
Síndica e vereador em reunião no DAE

Na tarde desta sexta-feira (10) a síndica Camila Scarpari esteve na sede do DAE (Departamento de Água  e Esgoto) juntamente com o vereador Nilson Araújo Radialista (PSD) para tratar de assuntos relacionados ao rateio de água  no condomínio Bosque dos Pássaros. 


Há  meses o valor do rateio ultrapassa a normalidade, antes não  ultrapassava os 0,17 centavos e atualmente o valor chega ser superior a R$ 22,00. Atualmente são 297 apartamentos ocupados dos 304 e somando o valor recente do rateio o condomínio chega a pagar aproximadamente R$ 6.534,00, um número muito alto comparado com o anterior que mensal não  ultrapassava os R$ 50,00. 


Duas empresas de captação de possíveis vazamentos já fizeram a vistoria, e até agora não encontraram nenhuma anomalia. 


Profissionais do DAE estiveram no condomínio em março deste ano, mas o problema ainda persistiu. A síndica relatou que até tentou buscar informações em outros condomínios que tiveram problemas idênticos relacionados a rateio de água, onde segundo relatos o problema foi resolvido com a instalação de um filtro. 


O DAE ressaltou que todo problema interno é  de responsabilidade da administradora do condomínio e que qualquer situação externa a obrigação é  da autarquia dando todo amparo e orientação para trâmites legais para a solução  do problema. Sendo assim o departamento se comprometeu a ir até  o local para fazer uma nova vistoria. 

A síndica Camila Scarpari tem se demonstrado preocupada com essa situação e diz se a administradora ou DAE não  resolver o problema vai acionar a justiça. 

MANTENHA-SE BEM INFORMADO! COLABORE COM O REGIÃO HOJE ENVIANDO UM PIX DE QUALQUER VALOR PARA A CHAVE CPF 038.784.708-19

"Não  é  justo pagarmos por algo que nós moradores do condomínio não  estamos consumindo, algo está  errado, o valor do rateio é  muito alto, precisamos dar um reposta positiva para os moradores", finaliza Camila Scarpari.