Carlos Fontes discorda de resposta do IBGE sobre estimativa populacional do Município

Por Roberto 17/09/2021 - 09:22 hs

Carlos Fontes discorda de resposta do IBGE sobre estimativa populacional do Município
Santa Bárbara tem população de 195.278 habitantes, segundo IBGE

O vereador Carlos Fontes (PSL) recebeu uma carta de esclarecimentos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referente à Moção de Protesto nº 445/2021, protocolada em 31 de agosto deste ano, por meio da qual o parlamentar se posicionou contra a estimativa populacional residente de Santa Bárbara d’Oeste de 195.278 habitantes, com data de referência de 1º de julho de 2021.



No documento de sete páginas enviado à Câmara barbarense, a Diretoria de Pesquisas sobre Estimativas da População dos Municípios do IBGE esclarece que as Estimativas da População publicadas anualmente são calculadas por meio da aplicação do método matemático denominado AiBi. Esse método utiliza como insumos básicos as populações obtidas das Projeções da População para o Brasil e Unidades da Federação mais recentes, bem como o crescimento populacional de cada Município na última década, delineado pelas respectivas populações recenseadas nos dois últimos Censos Demográficos realizados. 


Na carta assinada pelo diretor de pesquisas Cimar Azeredo Pereira, destaca-se também, que os anos de 2020 e 2021 têm marcado as populações do mundo inteiro em razão da pandemia da COVID-19. "Essa situação também causou o primeiro adiamento do Censo Demográfico, de 2020 para 2021, alterando todo o planejamento de estudos demográficos do IBGE. Em 2021, tivemos novamente o adiamento do Censo Demográfico, devido a cortes orçamentários do Governo Federal, estando prevista a sua realização em 2022".

Carlos Fontes considerou a carta "completamente técnica e complexa". "A culpa foi atribuída à pandemia e não se falou nada da nossa cidade e da quantidade de hidrômetros elencados na moção. Como pode a população ter aumentado somente 888 pessoas em 10 anos?", questiona o vereador. "Não concordo e entendo que somos ignorados pelo instituto devido à falta de representação política nas esferas federal e estadual. Com isso, estamos perdendo milhões em investimento em Santa Bárbara d'Oeste pelo fato de o IBGE não admitir que passamos de 200 mil habitantes há muito tempo", completa.