Semana da Pessoa Idosa tem chamamento público para projetos

Por Roberto 09/10/2021 - 12:58 hs

Semana da Pessoa Idosa tem chamamento público para projetos
Secretária Juliani e presidente do Comid discutem ações para pessoa idosa


Como parte das ações da Semana da Pessoa Idosa, o Conselho Municipal do Idoso (COMID) de Americana, órgão vinculado administrativamente à Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), publicou em sua página (www.americana.sp.gov.br/comid), o 2º Edital de Chamamento Público para a seleção de propostas de projetos voltados à pessoa idosa.


As Organizações da Sociedade Civil (OSCs) interessadas poderão protocolizar, entre 20 de outubro a 20 de dezembro, por meio de envelope lacrado, as propostas e os documentos para habilitação, devendo os envelopes serem entregues na Unidade de Serviços Gerais - Setor de Protocolo da Prefeitura Municipal de Americana, localizado na Avenida Brasil, nº 85, de segunda-feira a sexta-feira, no horário de 9h às 16h.

Instituída por meio da Lei Municipal nº 5.497, de 10 de julho de 2013, a Semana da Pessoa Idosa, promovida pela SASDH, realizou no dia em 1º de outubro, em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa Idosa, uma tarde recreativa no Centro de Integração e Valorização da Pessoa Idosa (CIVI).


No dia 6 de outubro, os técnicos da SASDH e demais políticas públicas, conselheiros COMID, e público em geral participaram da formação "Assessoramento e Defesa de Direitos Humanos e Socioassistenciais das pessoas idosas", com Felix Siriani, consultor em políticas públicas.

Já no dia 8 de outubro foi promovida a formação “A importância das ações de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários para pessoas idosas", com Elaine Cristina da Silva, assistente social e diretora do Núcleo de Convivência para Idosos "Coração Materno".


Ainda, ao longo da semana, a secretária da SASDH, Juliani Hellen Munhoz Fernandes, e a presidente do COMID, Maria Cristina Louzado Vianna, realizaram a entrega de oito banners informativos sobre tipos de violência contra pessoas idosas e onde denunciá-las. Os materiais foram adquiridos com recursos do Fundo Municipal do Idoso, e foram destinados para as seis unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), CIVI e Pronto Socorro do Hospital Municipal.