Seja bem vindo
Santa Bárbara,26/02/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Crianças da ABE realizam plantio de 300 mudas no Parque Linear

Fonte: Redação
Crianças da ABE realizam plantio de 300 mudas no Parque Linear Crianças e o vice-prefeito Felipe Sanches

Crianças da ABE - Casa da Criança e colaboradores voluntários do grupo Supermercados São Vicente participaram nesta terça-feira (5) do plantio de 300 mudas nativas para compensação ambiental da 31ª Feira das Nações, levando o evento a ter a chancela de “carbono neutro”. Junto da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, a ideia partiu do São Vicente, patrocinador da Feira, e ainda comemorou o aniversário de 205 anos do Município (4 de dezembro) e o Dia Internacional do Voluntário (5 de dezembro).

Com apoio da Secretaria de Meio Ambiente, as espécies utilizadas foram Ipê-branco (Tabebuia roseoalba), Ipê-amarelo (Handroanthus chrysotrichus), Babosa-branca (Cordia superba), Aroeira-pimenteira (Schinus terebinthifolius), Guanandi (Calophyllum brasiliense), Quaresmeira (Pleroma granuloso), Mutambo (Guazuma ulmifolia), Pau-formiga (Triplaris americana), Canelinha (Nectandra megapotamica), Embaúba (Cecropia pachystachya) e Dedaleiro (Lafoensia pacari).

Representando o prefeito Rafael Piovezan, o vice-prefeito Felipe Sanches agradeceu os envolvidos e enfatizou que além da festa e da sustentabilidade, o evento buscou a solidariedade para as instituições sociais. “Afinal, o Município realizou um evento público gratuito e teve a consciência sustentável. Mas, além disso, também focou na área social auxiliando as entidades da cidade. De fato, Santa Bárbara d’Oeste é pioneira sobre os demais”, enfatizou.


O secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix, ressaltou que além das ações sustentáveis, envolvendo a reciclagem, que ocorrem em todos os eventos feitos pelo Município, a Feira das Nações se preocupou com a compensação do carbono, visto que a cada ano a Prefeitura vem buscando tornar os eventos cada vez mais sustentáveis. “Eu agradeço o São Vicente por oportunizar a realização dessa proposta, fazendo com que o nosso evento seja referência hoje, não só em Santa Bárbara, como na nossa região e no interior do Estado de São Paulo”, disse.

A diretora de Gente ESG do Grupo São Vicente, Luciana Bueno, comentou sobre a importância de evento integrado. “Este é um momento para a gente celebrar muito e pensar nas ações que a gente faz, nas nossas atitudes diárias, tendo a sustentabilidade sempre como pano de fundo. Quero agradecer muito todos os parceiros que estão aqui hoje e também a Prefeitura por ser tão atuante e tão pujante”, discursou em companhia do gerente regional, Tiarlen Doyll Ferreira.

Esta compensação foi calculada em cima do público de aproximadamente 30 mil pessoas presentes nos três dias de evento, 10, 11 e 12 de novembro, no Complexo Usina Santa Bárbara - somado a todas as suas emissões diretas, incluindo energia, combustível, esgoto e resíduos, equivalendo a 300 mudas nativas e ao investimento de mais de R$ 14 mil em créditos de carbono de projetos certificados.


Até mesmo os deslocamentos dos artistas que participaram do evento neutro foram computados e entram na conta. O cálculo foi feito por meio da versão brasileira da ferramenta de cálculo GHG Protocol, gerida pela Fundação Getúlio Vargas.

A 31ª Feira das Nações de Santa Bárbara d'Oeste foi uma realização da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, e do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, com apresentação do Supermercados São Vicente, patrocínio da Cervejaria 3 Américas e Denso e apoio da Belchior Uniq.




MAIS FOTOS



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login