Seja bem vindo
Santa Bárbara,26/02/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

DIG de Americana prende em imobiliária 3 homens por estelionato e porte ilegal de arma de fogo

Fonte: Redação
DIG de Americana prende em imobiliária 3 homens por estelionato e porte ilegal de arma de fogo Arma e munições apreendidas (Imagem DIG Americana)

Três homens foram presos nesta segunda-feira (5) em uma imobiliária no bairro Girassol, em Americana, por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), acusados de associação criminosa, estelionato e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. 

Segundo boletim de ocorrência, às 12h10, policiais se dirigiram até uma imobiliária situada na rua José Ferreira Aranha e prenderam em flagrante o auxiliar administrativo J.W.S.S., de 24 anos; o empresário R.L.S., de 42 anos; e o auxiliar administrativo W.R.E., de 43 anos. 

Na ação, os investigadores apreenderam uma pistola calibre 9 mm e três carregadores, 35 munições calibre 9 mm, documentos e contratos de compra e venda de imóveis, aparelhos celulares, CPUs e notebooks e um veículo. 

Na data da operação, policiais da DIG de Americana receberam contato de uma vítima que relatou ter anunciado um veículo para venda com intuito de dar entrada em um imóvel nessa região.  

Após encontrar um imóvel de seu interesse, a vítima fez contato com o pretenso responsável pela imobiliária que disse que se interessava pelo veículo da vítima como parte do pagamento e que a venda seria efetivada através da imobiliária do tal vendedor. 

Durante as negociações, a vítima ficou desconfiada da postura do pretenso vendedor e procurou o real proprietário do imóvel constante na escritura cartorária para ter certeza da autenticidade da negociação. Ao entrar em contato com o verdadeiro dono do imóvel, tomou ciência de que ele não sabia nada sobre a transação em andamento bem como foi informada que o valor a ela repassado estava bem abaixo das pretensões dele para venda.  

Mesmo desconfiada, compareceu na imobiliária para assinatura de contrato. Ao ver o real nome do vendedor no contrato, a vítima se deu conta de que não era o mesmo nome com o qual o sujeito se identificou durante as negociações, ocasião em que se deu conta de que se tratava de um golpe no qual perderia seu automóvel. 

Diante disso, entrou em contato com a DIG de Americana para informar suas suspeitas, tendo os policiais imediatamente comparecido ao local, e com a diligência os policiais abordaram o responsável ainda durante a elaboração do contrato, de modo que a vítima iria transferir o seu veículo, mas com a ação policial, evitou-se o golpe e a vítima não transferiu o veículo.  

No local foram abordados dois funcionários da imobiliária, e logo chegou um terceiro funcionário, que se apresentou como corretor e cobrador da imobiliária, e consigo foi localizada uma arma tipo pistola 9mm, e o responsável e um funcionário foram presos em posse do contrato utilizado como meio para induzir a vítima a erro e apropriarem-se de seu automóvel. 

Após pesquisas nos sistemas policiais, verificou-se que os investigados estão envolvidos em dezenas de crimes de mesma natureza (estelionato) e que o líder do grupo vendia imóveis sem autorização e auferia vantagens de valores vultosos em desfavor de inúmeras vítimas. Ele chegava a vender um imóvel para duas pessoas. 

O trio foi apresentado na sede da DIG, onde a autoridade policial ratificou a voz de prisão em flagrante. Eles foram encaminhados para a Cadeia Pública de Sumaré, permanecendo à disposição da justiça. 




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login