Seja bem vindo
Santa Bárbara,27/05/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Glaucoma: primeira causa de cegueira no Brasil e no mundo

Fonte: Redação
Glaucoma: primeira causa de cegueira no Brasil e no mundo Glaucoma, ladrão silencioso da visão (Imagem Ibap)


1ª causa de cegueira irreversível no Brasil e no mundo, tem previsão é de 111,8 milhões de casos no mundo, até 2040. A Lei nº 10.456/2002 instituiu o dia 26 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma.



O glaucoma, muitas vezes chamado de "ladrão silencioso da visão", é uma condição ocular progressiva que pode resultar em danos permanentes ao nervo óptico e, eventualmente, levar à cegueira. A doença é a 1ª causa de cegueira irreversível no Brasil e no mundo e segundo a “World Glaucoma Association”, até 2040, a previsão é de 111,8 milhões de casos de Glaucoma no mundo. “O glaucoma particularmente perigoso é sua natureza assintomática nas fases iniciais, o que significa que muitas pessoas podem estar sofrendo com a doença sem sequer perceber. A pressão intraocular elevada é um fator de risco comum para o desenvolvimento do glaucoma”, explica o presidente da SBG. 


Dr. Emílio Suzuki alerta que o diagnóstico precoce do glaucoma é essencial para evitar a perda de visão irreversível. “Infelizmente, muitas pessoas não percebem que têm glaucoma até que a doença esteja em estágios avançados. É por isso que exames oculares regulares são fundamentais, especialmente para pessoas com fatores de risco, como idade avançada, histórico familiar de glaucoma, diabetes e pressão arterial elevada, afrodescentes, asiáticos, míopes” destaca. Durante um exame ocular, o oftalmologista medirá a pressão intraocular, verificará a aparência do nervo óptico e realizará testes complementares.  


A SBG chama atenção que o glaucoma geralmente não apresenta sintomas óbvios nos estágios iniciais. No entanto, à medida que a doença progride, podem surgir alguns sinais. É importante estar atento a esses sintomas e procurar o oftalmologista imediatamente se eles ocorrerem. Os sintomas mais comuns do glaucoma incluem visão embaçada, perda de visão periférica, halos ao redor das luzes, olhos vermelhos, dor ocular e náuseas. Importante destacar que esses sintomas também podem ser causados por outras condições oculares, portanto, é essencial consultar um oftalmologista para um diagnóstico preciso. Os exames oftalmológicos regulares são essenciais para a detecção precoce. Durante esses exames, o oftalmologista avalia a saúde ocular e busca por quaisquer sinais de glaucoma, medindo a pressão intraocular e realizando outros exames complementares necessários. Aquelas pessoas que já são diagnosticadas, terão a frequência de exames repetidos, de acordo com a orientação médica.


O glaucoma não afeta apenas a saúde dos olhos, mas também pode ter um impacto significativo na saúde mental dos pacientes. Estudos recentes têm destacado a relação entre o glaucoma, a depressão e a ansiedade, revelando os desafios emocionais enfrentados por aqueles que vivem com essa condição oftalmológica crônica. A depressão e a ansiedade são transtornos comuns entre os pacientes com glaucoma, muitas vezes relacionados ao estresse emocional causado pelo diagnóstico da doença, preocupações com a perda de visão e as demandas do tratamento contínuo. A incerteza em relação ao futuro visual e a adaptação a mudanças na qualidade de vida também podem contribuir para sintomas de ansiedade e depressão. 


De acordo com o Dr. Emílio, "É importante reconhecer que a doença não afeta apenas a saúde dos olhos, mas também pode impactar significativamente o bem-estar emocional dos pacientes. A depressão e a ansiedade são comuns entre aqueles que vivem com glaucoma, e é fundamental que os profissionais de saúde estejam cientes desses desafios e ofereçam suporte adequado aos pacientes."


No mês de maio, a Campanha “Maio Verde – Prevenção e Combate ao Glaucoma”, dedicada à prevenção e combate ao glaucoma, lança luz sobre uma doença ocular silenciosa que afeta milhões de pessoas globalmente. “Estamos empenhados em educar a população sobre o glaucoma e promover a detecção precoce para prevenir a perda de visão irreversível", afirma o Dr. Emílio Suzuki, presidente da SBG. "A Campanha Maio Verde é uma oportunidade valiosa para disseminar conhecimento e incentivar a participação ativa da comunidade na promoção da saúde ocular".


Sobre a Campanha Maio Verde:


A Campanha Maio Verde é uma iniciativa dedicada à conscientização, prevenção e tratamento do glaucoma, com o objetivo principal reduzir o impacto do glaucoma por meio da promoção da saúde ocular. A campanha ocorre neste mês, pois a Lei nº 10.456/2002 instituiu o dia 26 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma. 




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login