Seja bem vindo
Santa Bárbara,21/07/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Cemitério de Nova Odessa abre nesta terça-feira celebrar os heróis da Revolução Constitucionalista de 1932

Fonte: Redação
Cemitério de Nova Odessa abre nesta terça-feira celebrar os heróis da Revolução Constitucionalista de 1932 Túmulo de Aristeu Valente em Nova Odessa


 

O Cemitério Municipal de Nova Odessa abre ao público nesta terça-feira, feriado estadual de 09 de julho de 2024, das 7h às 17h, para celebrar a memória dos heroicos soldados da cidade na Revolução Constitucionalista de 1932. O local tem os túmulos dos 13 heróis da cidade na “Revolução Paulista”.

 

O Centro Ecumênico do Cemitério também abriga o Monumento ao Soldado Constitucionalista, inaugurado em 2005. Mas o local mais visitado costuma ser o túmulo de Aristeu Valente, único novaodessense morto em combate. O túmulo fica logo à esquerda da entrada principal, pela Rua Anchieta.

 

A Revolução Constitucionalista de 1932 que aconteceu em São Paulo foi uma insurreição contrária ao novo quadro político que se instaurou no país após a Revolução de 1930, com a ascensão do (futuro) ditador Getúlio Vargas ao poder. Antes da pandemia, tradicionalmente, havia uma cerimônia cívica no Centro Ecumênico em homenagem aos 13 soldados novaodessenses que lutaram em Águas de Lindóia na “Revolução de 1932”.

 

Em 1932, até então distrito de Americana, Nova Odessa enviou às batalhas 13 jovens: Alberto Bartolo, Antonio Prado, Aristeu Valente, Benedito Camargo, Eduardo da Silva – o “Dodô”, Faustino de Moraes, Fausto Moraes, Francisco de Souza, Joaquim Rodrigues Azenha, Martholino Teixeira Filho, Roberto Whitehead, Shano Jorge Sprogis e Theodomiro Delegá.

 

A maioria lutou nas fileiras da Força Pública Paulista (atual Polícia Militar do Estado) e sobreviveu. Apenas Aristeu Valente, que na época havia 21 anos, morreu durante o combate, no dia 18 de agosto de 1932, durante um conflito armado no Bairro dos Francos, divisa entre Lindóia/SP e Monte Sião/MG. Seu corpo foi trazido para a cidade de Americana no mesmo ano, sendo seus restos mortais transferidos para Nova Odessa em 1968, quando foi feita uma grande homenagem a ele.

 

Valente dá nome a uma rua em Águas de Lindóia. Em Nova Odessa, todos eles dão nomes a vias públicas, a maioria no bairro de chácaras Recanto Solar. A cidade de Águas de Lindóia também possui um obelisco no Cemitério Municipal, em homenagem aos soldados, além de nomes de ruas.

 

O feriado de 09 de julho, em reconhecimento ao dia da deflagração da Revolução de 1932, foi instituído pelo então governador do Estado de São Paulo Mário Covas, através da Lei Estadual nº 9.497, de 05 de março de 1997. A Lei foi um projeto do deputado estadual Guilherme Gianetti. Nessa data, comemora-se a deflagração da Revolução Constitucionalista de 1932, considerada a data magna do Estado de São Paulo.

 

O Cemitério de Nova Odessa abre diariamente, das 7h às 17h. A entrada principal é na Rua Anchieta, nº 40, e o acesso lateral se dá pela Rua 1º de Janeiro, na esquina com a Rua Riachuelo.




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login