Alunos da Fatep enfrentam a realidade da profissãocom construção de maquetes em escalas reais

Por Roberto 30/04/2018 - 10:28 hs

Alunos da Fatep enfrentam a realidade da profissãocom construção de maquetes em escalas reais
Alunos de Engenharia da Fatep

Alunos do sétimo semestre do curso de Engenharia Civil da Fatep (Faculdade de Tecnologia de Piracicaba) estão, literalmente, colocando a mão na massa. Com uma atividade iniciada na sala de aula, na disciplina Sistemas Construtivos II, três grupos têm como desafio a construção de paredes, desde a etapa da fundação, dentro das normas técnicas exigidas.

 

De acordo com o professor Alexandre Montoya Bueloni, “o objetivo é trazer o futuro profissional o mais próximo possível para dentro da realidade de um canteiro de obras, proporcionando o contato direto com todas as etapas da construção. Com a prática, os estudantes terão noção real e correta dos processos executivos, além de se familiarizarem com os equipamentos e metodologias a serem utilizados durante esses processos”.

 

Os modelos resultarão em uma parede com aproximadamente 1,25m de altura, mais as dimensões das fundações de cada um, explica o professor, que iniciou as aulas práticas no dia 16 deste mês e devem durar quatro semanas, se as condições climáticas forem boas.

 

Para a edificação dos modelos das fundações e paredes, os grupos elaboraram um projeto da maquete seguindo diretrizes pré-estabelecidas e, depois, realizaram o levantamento quantitativo dos materiais e equipamentos necessários à execução das construções. “Cada projeto seguiu um tipo de fundação, alvenaria e revestimento final (interno e externo)”, comenta Bueloni.

 

Os alunos deverão executar seus projetos erguendo os modelos etapa por etapa, como em uma obra: desde a fundação até o revestimento final da alvenaria, passando pelo sistema adequado de impermeabilização. Os modelos terão suas dimensões aproximadas de 2,00 x 0,80 x 1,50 metros (comp. x larg. x alt.), tendo leves variações de forma a adequar-se à modulação do sistema de alvenaria empregado.

 

Todos os materiais necessários à execução dos modelos seguem fielmente uma obra (areia, pedra, cimento, aditivos, madeira, aço, tubulações em PVC, blocos de alvenaria, materiais impermeabilizantes, argamassas de assentamento, revestimentos cerâmicos, gesso, massa corrida, texturas e tintas).

 

Para Bueloni, que também é professor da disciplina Sistemas Construtivos I, esta atividade ajuda na formação diária do engenheiro civil no mercado de trabalho. “Asseguramos que com o contato direto dessas aulas práticas os alunos terão mais desenvoltura e segurança no exercício da profissão”.

 

AVALIAÇÃO


Todos os alunos participantes dos projetos terão seus modelos avaliados como parte da nota da Prova Bimestral B2. Em grupo conforme o desempenho e individual nos quesitos presença e participação efetiva.

 

EXPOSIÇÃO


Após a conclusão, os modelos de paredes, construídos dentro da Fatep, estarão abertos para visitação dos alunos, professores e colaboradores da instituição, estimulando a perspectiva principalmente dos alunos dos primeiros semestres do curso de Engenharia Civil e exemplificando a preocupação da faculdade em aproximar o mundo da formação acadêmica ao desempenho da profissão dentro do mercado de trabalho.