Americana convoca 121 famílias para assinatura de contrato de casa própria

Por Roberto 13/09/2018 - 20:52 hs

Americana convoca 121 famílias para assinatura de contrato de casa própria
121 famílias estão sendo convocadas para assinar contratos

 

As primeiras 121 famílias inscritas nos cadastros habitacionais da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Americana vão assinar, nesta sexta-feira (14) e segunda-feira (17), os contratos com a Caixa Econômica Federal (CEF) referentes à primeira fase do projeto Residencial Balsa, lançado em abril. A assinatura será no auditório do Centro de Cultura e Lazer (CCL), na Avenida Brasil, 1.513. No total, serão 768 unidades habitacionais oferecidas, referentes aos três condomínios que serão construídos.


“As assinaturas serão para o Condomínio Tainá. São 121 famílias que saem da lista de espera e conquistam suas moradias. As famílias cadastradas não tinham há tempos tantas oportunidades de ter suas moradias próprias e concretizarem seus sonhos”, disse o secretário da pasta, Charley Petter Cornachione.


Segundo ele, o projeto ainda está sendo apresentado aos inscritos. “Inclusive, os novos inscritos poderão conhecer e acessar este empreendimento de interesse social em breve”, explicou.


Dos novos empreendimentos previstos, todos vão atender da faixa 1,5 do PMCMV, dentre eles, a segunda etapa do Condomínio Balsa, com mais 768 unidades, 310 unidades a serem lançadas na região do bairro São Luiz, e outras 416 próximas à região do bairro Carioba, todos em fase de estudos e aprovação.


Entre 2016 e 2018 foram disponibilizadas 1.813 moradias, sendo 1.213 por meio dos projetos da Prefeitura e 600 por meio das entidades habitacionais instaladas no município


Em parceria com a Cooperativa Nacional da Habitação e Construção (Cooperteto), a Secretaria de Habitação criou um novo sistema para cadastro de famílias nos projetos habitacionais. O sistema está disponível no site da Administração Municipal e a inscrição poderá ser feita via celular, computador, tablet ou notebook. As pessoas que não tem acesso à internet poderão continuar fazendo o cadastro na sede da Secretaria.