Após morte de menina, vereadores convidam secretária de Saúde para explicar sobre soro antiescorpiônico

Por Roberto 07/11/2018 - 18:21 hs

Após morte de menina, vereadores convidam secretária de Saúde para explicar sobre soro antiescorpiônico
Maria Eduarda Pigato morreu após ser picada por escorpião no Jardim Europa

Os vereadores José Luís Fornasari, o Joi (SD), e Celso Ávila (PV) protocolaram requerimento convidando a secretária municipal de Saúde, Lucimeire Rocha, a comparecer em reunião ordinária, no dia 21 ou 27 de novembro, na Câmara Municipal.


“Hoje, um trágico acidente com escorpião tirou a vida de uma criança de apenas 10 anos, causando grande comoção em nossa cidade”, lamenta Joi. “Estamos sendo duramente questionados sobre o Município não possuir o soro antiescorpiônico, antiaracnídico e antiofídico”, afirma Celso.


Joi é autor do Requerimento nº 1.022, de 11 de agosto de 2017, pedindo informações sobre a existência de estoque desses soros na rede pública do Município. Em resposta ao vereador, a Administração afirmou que, à época, o Município não possuía estoque de soro específico contra picada de animais peçonhentos.