Sete médicos brasileiros substituem cubanos em Nova Odessa

Por Roberto 05/12/2018 - 22:16 hs

Sete médicos brasileiros substituem cubanos em Nova Odessa
Programa Mais Médicos tem profissionais brasileiros em Nova Odessa

 

Sete médicos brasileiros que vão substituir as profissionais cubanas que atuavam em Nova Odessa por meio do programa federal “Mais Médicos”, se apresentaram nesta quarta-feira (5) na Secretaria de Saúde. Três iniciaram o atendimento à população já no período da tarde e os outros três devem começar a atuar na cidade até o dia 14. Outros dois profissionais também já tiveram a homologação confirmada pelo governo federal, mas ainda não se apresentaram. Se isso não acontecer também até o dia 14, a Secretaria de Saúde fará novas solicitações. Pelo edital lançado no mês passado pelo Ministério da Saúde, Nova Odessa terá direito a nove profissionais.


Todos os médicos são clínicos gerais, explicou o secretário Vanderlei Cocato, que esteve acompanhado da coordenadora de Atenção Básica, Ana Rubia de Matos. Iniciaram o atendimento nesta quarta-feira Juliana Ramos de Assis (UBS 5 – Jardim Alvorada); Karen Stephanie Puga Maldonado (UBS 3 –Jardim São Manoel) e Thiago do Amaral Gomes (UBS 2 Jardim São Jorge). Até o dia 14 devem iniciar o atendimento os profissionais Leonídio Borges Leal Filho (UBS 2); Sebastião da Cunha Soares (UBS 1), Rodrigo Machado da Silva (UBS 3) e Bruna Welsk de Carvalho (UBS 5).

 

Pelo contrato, os médicos terão direito à auxílio moradia no valor de R$ 2,1 mil e R$ 700 de auxílio-alimentação, além do salário de R$ 11,8 mil. “É uma notícia que a população de Nova Odessa estava esperando desde a saída das médicas cubanas. Fiz questão de receber esses novos profissionais que estão chegando para atuar na rede pública de saúde e tenho certeza que todos darão a mesma atenção aos nossos moradores. Com a vinda desses médicos, vamos conseguir colocar em ordem as consultas que precisaram ser reagendadas desde então. Mais um reforço para a Saúde de Nova Odessa”, disse Cocato