Maior chuva dos últimos 17 anos mobiliza mais de 100 servidores e bombeiros voluntários em Monte Mor

Por Roberto 06/01/2019 - 00:12 hs

Maior chuva dos últimos 17 anos mobiliza mais de 100 servidores e bombeiros voluntários em Monte Mor
Monte Mor teve muitos prejuízos com as chuvas (Imagens Divulgação)
A maior chuva dos últimos 17 anos mobilizou mais de 100 servidores municipais e Bombeiros Voluntários em Monte Mor. A informação é da Secretaria Municipal de Defesa Civil. Nas últimas 48 horas mais de 120 milímetros de chuvas foram registrados nos pluviômetros do município. Em toda a região, 14 cidades estão em estado de alerta, segundo levantamento divulgado neste sábado (5 de janeiro) pelo Sistema Integrado de Defesa Civil (Sidec).

Em toda a região as cidades em estado de atenção são: Americana, Arthur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Monte Mor, Morungaba, Paulínia, Santa Bárbara D'Oeste, Sumaré, Valinhos e Vinhedo. Engenheiro Coelho, Jaguariúna e Pedreira.

De acordo com o secretário municipal de Defesa Civil de Monte Mor, Murilo Rinaldo, cerca de 100 famílias foram atingidas pela enchente, sendo que apenas 20 delas deixaram suas residências e se encontram em casas de parentes. “Temos sete áreas que estão sendo monitoradas em nosso município e com o trabalho da Defesa Civil, Guarda Civil Municipal, Departamento de Trânsito, demais servidores municipais e Corpo de Bombeiros Voluntários realizamos o deslocamento de todas as pessoas que se encontravam em situação de risco. Felizmente nenhuma vida foi ceifada e o acompanhamento continua”, destacou o secretário.

A Defesa Civil esclarece que qualquer solicitação deve ser feita para o telefone da Guarda Civil Municipal – (19) 3879-2823 ou celular/whatsapp (19) 99700-0111 e informou que está à disposição das famílias o Ginásio de Esportes e Escolas Municipais para alojamento. “O prefeito Thiago Assis deixou claro que todas as famílias que necessitarem de abrigo serão acolhidas e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Social ficará responsável por acomodar as pessoas e garantir a alimentação”, disse Rinaldo.

Segundo a Defesa Civil a enchente que atingiu algumas áreas de Monte Mor é em decorrência do grande volume de água vindo das cidades de Campinas e Indaiatuba. “O Sistema Integrado de Defesa Civil vem acompanhando os dados de todas as cidades da região e nos municípios de Campinas e Indaiatuba, que abastecem o rio Capivari, registrou um volume de água muito acima da média e, agora, vem afetando a nossa cidade que se encontra geograficamente abaixo desses dois municípios. Todas as ações estão sendo feitas e estamos à disposição da população 24 horas por dia”, disse o secretário de Defesa Civil.

Para fazer frente às demandas da comunidade atingida pela enchente, o prefeito Thiago Assis entrou em contato com o Governo do Estado de São Paulo que forneceu nesta tarde kits com colchões e cestas básicas. “Acionamos o Governo do Estado e fomos atendidos de imediato. Além disso a nossa Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social e Vigilância Sanitária estão apostos para poder atender as famílias necessitadas, em especial, no momento que as águas baixarem. Não estamos medindo esforços para garantir o atendimento humanitário para todas as famílias atingidas pelas enchentes”, disse o prefeito Thiago.
ENTREGA DE COLCHÃO E CESTA BÁSICA
A Prefeitura de Monte Mor entregará colchão e cesta básica para as famílias mais prejudicadas com a enchente que vem atingindo o município neste final de semana.
De acordo com o prefeito Thiago Assis a Prefeitura conquistou junto ao Governo do Estado kits contendo colchão, cesta básica, roupas, utensílios de limpeza, entre outros produtos para serem distribuídos de forma criteriosa para as famílias mais prejudicadas com a enchente. "Nossa região foi bastante prejudicada, cerca de 14 cidades foram atingidas com enchentes, inclusive a nossa Monte Mor. Num primeiro momento fizemos o salvamento de famílias que ficaram ilhadas durante a cheia e, paralelo a isso trabalhamos junto ao Governo do Estado, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, para que viéssemos a receber produtos importantes para o primeiro atendimento as famílias. Fomos atendidos de imediato, diante da grande enchente, e os materiais já estão em nossa cidade.
Agora caberá a Defesa Civil e Secretaria de Desenvolvimento fazer a triagem e entregar os produtos de acordo com a necessidade de cada família", explicou o prefeito montemorense.
O atendimento humanitário, segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Vilson Amaral, é fundamental neste primeiro momento quando as famílias retornarão para as suas casas. "Essa primeira contribuição é importante para que a família seja num primeiro momento acolhida e assim possa vir a retomar a sua rotina", disse Amaral.
O secretário de Defesa Civil Murilo Rinaldo disse que todas as casas atingidas serão visitadas pela equipe. "Tem casas que os moradores conseguiram preservar seus pertences, enquanto outras a água se elevou muito e tudo foi perdido. Faremos esse trabalho pontual para beneficiar a família de acordo com as suas necessidades", comentou Rinaldo.