Educação de SP divulga vencedores da 5ª Feira de Ciências da rede

Por Roberto 13/04/2018 - 10:35 hs

Educação de SP divulga vencedores da 5ª Feira de Ciências da rede
Estudantes são premiados em Feira de Ciências

 

Maioria dos projetos vencedores se destacam pela preocupação com a sustentabilidade; Premiação acontecerá em 18 de abril na sede da Secretaria da Educação


 

Após mais uma etapa de sucesso, a 5ª Feira de Ciências das Escolas da São Paulo (FeCEESP) chega em sua etapa final. Foram analisados mais de 147 trabalhos na etapa estadual pela banca de especialistas da Pasta e agora, a Secretaria da Educação do Estado anunciará a classificação dos seis vencedores desta edição: três na categoria Master e três na categoria Júnior. O anúncio será realizado em cerimônia de premiação na sede da Secretaria no próximo dia 18 de abril.


Neste ano, a novidade ficou por conta da participação de estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental. Os jovens cientistas puderam criar projetos e se inscrever na categoria Júniorcom outros alunos do 7º, 8º e 9º ano. Nesta categoria, o tema sustentabilidade foi um dos favoritos e marcou presença entre os vencedores com os trabalhos Arduíno e a educação de trânsito para bicicletas, da EE João Arruda Brasil, em Araçatuba; Adubação de horta a partir de resíduos orgânicos de Tilápias, da EE José Augusto Ribeiro, em Assis e Tinta atóxica: Pintura sem riscos, na EE Gabriel Monteiro da Silva, de Marília.


A categoria Master, composta por estudantes do 1º e 2º ano, também esteve ligada na questão da sustentabilidade. É o caso do projeto da EE Cel. Francisco Schmidt, com Energia Solar Fotovoltaica em Escolas Estaduais e do projeto Fabricação de Bandejas Biodegradáveis à base de cascas de Coco Verde, da EE Professora Tereza Valverde Cardoso Tirapele. O terceiro finalista, ficou com estudantes da E.E Newton Câmara Leal Barros, de Taubaté, com o projetoJogo do Explorador Espacial, app pensado para auxiliar estudantes do Ensino Médio no estudo e aprendizagem de astronomia.


4ª edição


Em 2017, o projeto comtemplado com o prêmio máximo veio de Mogi das Cruzes, da E.E Adelaide Maria de Barros. O aplicativo de celular criado pelos estudantes Bruno Gaspar e Wesley Oliveira foi programado para organizar a seleção e coleta de material reciclável, como vidro, metal, papel e elementos orgânicos.