Presidente do TJ e diretora do Fórum recebem homenagem da Câmara de Hortolândia

Por Roberto 25/05/2017 - 14:33 hs

Presidente do TJ e diretora do Fórum recebem homenagem da Câmara de Hortolândia
Presidente do TJ-SP é homenageado durante inauguração de Fórum

 

Presidente do TJ-SP e Diretora do Fórum recebem título em inauguração do Fórum

 

O Desembargador Paulo Dimas Bellis Mascaretti, presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e a Diretora do Fórum de Hortolândia, Dra. Juliana Ibrahim Guirao Kapor receberam o título de cidadão hortolandense na tarde desta segunda-feira (22 de maio). As honrarias foram entregues pelo presidente da Câmara, Zaca (PTB), e Frank (DEM) durante a inauguração do novo prédio do Fórum.


Os títulos foram concedidos ao Desembargador e à Diretora devido aos grandes serviços prestados para a cidade de Hortolândia, através do Decreto nº 162/2017 e nº 161/2017, respectivamente. A autoria principal dos Decretos foi do vereador Frank, mas foi assinado por vários vereadores, devido a importância dos atos para a cidade.


O Desembargador Paulo Dimas tem mostrado grande apreço pela cidade de Hortolândia ajudando no melhor desenvolvimento dos trabalhos do nosso Judiciário, dando atenção especial para a criação de novas varas, vinda de mais funcionários, juízes auxiliares, o que vai melhorar o andamento dos processos, beneficiando muito a população hortolandense. Nada mais justo do que agraciá-lo com essa honraria, agora ele também faz parte da nossa cidade”, comentou Zaca, durante o evento.


O vereador Frank ressaltou a importância dos trabalhos da Dra. Juíza Juliana. “O trabalho dos magistrados normalmente fica dentro dos gabinetes, analisando processos, mas a Dra. Juliana não mediu esforços e trabalhou além dos seus limites para que Hortolândia pudesse ter um Judiciário forte. Tenho certeza que em suas veias corre sangue hortolandense. Por tudo o que ela fez pela cidade, merece receber esta honraria”, elencou.


Também participaram da entrega do título os vereadores Cleuzer Marques de Lima, John Lenon (PDT), Clodoaldo da Silva Santos (PSC), Daniel Laranjeira (PSD), Edivaldo Sousa Araújo (PSD), Francisco Pereira da Silva Filho, o Ceará do Horto (PSC), o Professor João Pereira (PV), Luiz Carlos Silva Meira (PRP), Paulo Pereira Filho, o Paulão (PRP), e Simone Bettini (PDT).

 

Inauguração Fórum

Após o título de cidadão foi inaugurado o Fórum de Hortolândia, que foi pensado para atender todas as necessidades do Judiciário e da população. O prédio foi inaugurado ano passado, com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB), mas devido a problemas técnicos, foram necessários ajustes para que a mudança acontecesse.


O novo prédio foi construído em uma área de 14,2 mil metros doada pela Prefeitura de Hortolândia, na rua Ímola, no Jardim Firenze, e conta com Vara Judicial, Juizado Especial, Defensoria Pública, Vara Cível e Criminal, Ministério Público, espaços destinados à Sala da OAB, técnicos dos setores de Psicologia e Assistência Social. O atendimento à população foi suspenso para a mudança do prédio do Remanso Campineiro para o novo, e volta ao normal na próxima segunda-feira (29 de maio).


Temos uma média de 20 mil processos por ano, quase 150 mil eleitores e apenas 3 Varas Judiciais, e graças aos esforços do Desembargador Paulo Dias, que sempre nos atendeu, tivemos grandes conquistas. O Tribunal de Justiça olha com bons olhos para esse povo de Hortolândia, e nos enviou dois juízes substitutos, agora esperamos a vinda de juízes auxiliares para minimizar as agruras”, comentou a Diretora do Fórum, Dra. Juíza Juliana Ibrahim Guirao Kapor.


O Desembargador comentou sobre os esforços do Tribunal de Justiça para atender às necessidades e melhorar os trabalhos dos magistrados e de todos os funcionários do Judiciário paulista. “Procuramos sempre cumprir com nossa missão constitucional, atendendo as comarcas e suas necessidades. Hortolândia tem movimento forense enorme e precisa de uma atenção especial, fizemos grandes avanços, mas precisamos avançar mais. Já aprovamos os cargos de juiz auxiliares e assistentes jurídicos e temos, em andamento, um projeto para criar três novas varas. O importante é continuar lutando para melhorar o trabalho do nosso Judiciário”.


Ele ainda comentou sobre o título de cidadão. “O reconhecimento por afeição [através do título de cidadão] é a sociedade homenageando uma pessoa ou uma instituição. Acredito que esse título é uma homenagem a todo o Tribunal de Justiça, a todo o trabalho realizado pelos nossos mais de 2,5 mil magistrados e cerca de 45 mil funcionários efetivos. Somos uma grande família que se torna hortolandense, com a entrega desse título”, agradeceu.


O evento também contou com a presença de diversas autoridades municipais e regionais, entre elas o prefeito de Hortolândia, Angelo Perugini (PDT), o vice-prefeito e secretário de Meio Ambiente, Zezé, o presidente da OAB-Hortolândia, Marcelo Valk, secretários municipais, autoridades da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, juízes, promotores, entre outros.