Nova Odessa consegue vaga no edital do ProAC Municípios

Nova Odessa consegue vaga no edital do ProAC Municípios

Por Roberto 04/06/2018 - 13:06 hs

Nova Odessa consegue vaga no edital do ProAC Municípios
Concerto Rock Banda Sinfônica

 

Prazo reduzido para inscrição, exigência de projeto e concorrência com 645 municípios foram desafios superados; cidade está em as 68 que conseguiram entrar

 

A Diretoria de Cultura e Turismo da prefeitura de Nova Odessa comemora o anúncio de que a cidade está entre as inscritas no edital ProAC Municípios, nova modalidade do Programa de Ação Cultural (ProAC), da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. “Estamos muito felizes de conseguir uma vaga entre as 645 cidades paulistas. Isso mostra que o nosso trabalho aponta para o caminho certo. Esperamos agora que nosso projeto seja um dos aprovados”, comemora o diretor Cícero Edno. Nova Odessa pleiteia R$ 200 mil para espetáculos de música, dança e teatro.

 

O prazo para cadastramento de apenas 20 dias, venceu no último dia 25, após ser prorrogado por uma semana. Somente 68 municípios conseguiram entrar. A documentação extensa e a necessidade de um projeto consistente também foram desafios para as prefeituras. “Nova Odessa conseguiu graças ao esforço que temos de manter nossa casa organizada”, afirma o diretor.

 

Anunciada em abril, a nova modalidade do ProAC irá contemplar cidades com repasses que variam de R$ 100 mil a R$ 300 mil, de acordo com o tamanho da população. Nova Odessa está inscrita no módulo 3 (municípios com até 100 mil habitantes) e concorre ao prêmio de R$ 200 mil, propondo, em contrapartida, R$ 30 mil de investimentos da própria prefeitura.

 

O governo estadual não informou quando será divulgada a relação dos municípios aprovados no Diário Oficial do Estado. Segundo a Secretaria de Cultura do estado, após a publicação, serão definidos prazos de recursos e a formalização do convênio. Conforme edital, os projetos serão avaliados por uma comissão formada por cinco membros nomeados pelo secretário estadual da Cultura, Romildo Campello.